Colunas

Richard Mille e McLaren se unem para desenvolver o relógio cronógrafo mais leve do mundo

Novo RM 50-03 McLaren F1 é um modelo produzido pela grife suíça de relógios Richard Mille em parceria com a escuderia inglesa de Fórmula 1 (Divulgação)

Novo RM 50-03 McLaren F1 é um modelo produzido pela grife suíça de relógios Richard Miller em parceria com a escuderia inglesa de Fórmula 1 (Divulgação)

Foi apresentado hoje (16), no Salão Internacional da Alta Relojoaria (SIHH), em Genebra, na Suíça, o novo RM 50-03 McLaren F1, um modelo produzido pela grife suíça de relógios Richard Mille em parceria com a escuderia inglesa de Fórmula 1. O modelo pesa menos de 40 gramas – incluindo a pulseira –, o que faz dele o cronógrafo mais leve já produzido até hoje. O avanço só foi conseguido graças ao uso de materiais de última geração, como o titânio e o carbono TPT, já tradicionais na indústria relojoeira, e do novo Graph TPT, também conhecido como grafeno, uma forma cristalina de carbono seis vezes mais leve e 200 vezes mais forte do que o aço.

A novidade é resultado de uma iniciativa de cooperação entre o Instituto Nacional de Grafeno, criado em 2015 na Universidade de Manchester; a área de tecnologia aplicada da McLaren; e o North Thin Ply Tecnology (NTPT). Após meses de estudo sobre as aplicações práticas do grafeno – inclusive por parte da McLaren, que trabalha atualmente para incorporar o produto aos seus carros de Fórmula 1 –, a equipe da Richard Mille detectou que a inclusão do material na composição do produto lhe conferia extrema resistência e leveza, ao mesmo tempo em que preservava sua ergonomia e incrementava sua aparência.

VEJA TAMBÉM: Richard Mille lança edição limitada RM 11-02 Jet Black

Entre as características do novo modelo estão também a redução de 50% no consumo de energia do cronógrafo e elementos de design que remetem aos dutos de entrada de ar e aos aros metálicos das rodas dos carros de corrida McLaren-Honda. Feito em edição limitada e numerada de 75 peças, o novo modelo – que custará, fora do Brasil, US$ 980 mil (o equivalente a mais de R$ 3 milhões) – estará disponível apenas nas lojas da marca e virá acompanhado de uma réplica em escala 1:5 do carro da escuderia dirigido pelo bi campeão mundial de F1 Fernando Alonso e por Stoffel Vandoorne.

Comentários
Topo