Colunas

iPhone 8 pode ter mudança radical na câmera

Reprodução

Apple pode lançar o iPhone 8 com melhorias na camêra em relação ao modelo 7 (Reprodução)

Quando o assunto gira em torno das câmeras dos smartphones, a qualidade é claramente algo essencial. E as maiores fabricantes do segmento, como Apple e Samsung, estão sempre em uma competição voraz por atualizações que as tornem superiores. Entretanto, enquanto a Samsung está, aparentemente, satisfeita com o seu modelo de câmera do ano passado do novo S8 e do S8 + (que é excelente), há quem aposte que a Apple está prestes a lançar algo completamente radical para o iPhone 8.

LEIA MAIS: Vazamento de informações da Apple dá pistas sobre iPhone 8

Um relatório de Charlie Chan, da empresa de serviços financeiros Morgan Stanley, deu força aos rumores de que a Apple pode lançar uma câmera 3D que simule a realidade aumentada no iPhone 8. O documento aponta a Himax Technologies como uma das possíveis fornecedoras dos componentes necessários para viabilizar a câmera.

O site “Barron”, que teve acesso ao relatório, publicou que a Himax teve um crescimento de 56% neste ano graças à expectativa do negócio. A notícia veio depois de uma nota para os investidores – de autoria do analista da KGI Securities e famoso “vidente” da Apple, Ming-Chi Kuo – publicada no mês passado pelo site “Business Insider”, que afirma que o iPhone 8 provavelmente terá uma câmera revolucionária com sensor 3D.

Gigante da tecnologia quer “reinventar a experiência do usuário”

Kuo diz que entre os detalhes da câmera estão discretos transmissores infravermelhos e módulos receptores capazes de “reinventar a experiência do usuário”. Ele também afirma que a Apple está anos à frente da plataforma Android quando se trata de algoritmos 3D, o que dá à companhia uma grande vantagem competitiva, pois “o avançado sensor da câmera 3D será uma ferramenta única do iPhone por alguns anos”.

Entretanto, Chan acredita que boa parte do desempenho das ações da Himax virá do fornecimento de componentes de sensores 3D para smartphones que não são da Apple. A tecnologia deve ser responsável por 20% da receita da Himax em 2018.

VEJA TAMBÉM: Nova sede da Apple na Califórnia será inaugurada em abril

Obviamente, o hardware sozinho não é suficiente para “reinventar a experiência dos usuários”, e a longa história da Apple nos processamentos excepcionais de imagens, junto com os algoritmos 3D mencionados por Kuo, podem dar ao iPhone 8 uma boa posição nesta corrida. Entretanto, se a fala de Chan for verdadeira, nós poderemos nos deparar com componentes de sensores 3D similares em celulares de outras marcas mais rápido do que as previsões de Kuo.

Comentários
Topo