Colunas

Royal Enfield, centenária marca inglesa de motos, abre primeira loja no Brasil

royal-enfield-classic-squadron-blue-708x369

A mais antiga fábrica de motocicletas do mundo em produção contínua estaciona oficialmente no Brasil.

LEIA MAIS: Grife de calçados Jorge Bischoff inaugura loja em Miami

A clássica marca de origem inglesa Royal Enfield está abrindo sua primeira concessionária brasileira na Avenida República do Líbano, em São Paulo – perto do Parque Ibirapuera.

A Royal Enfield SP tem na retaguarda o empresário Raul Fernandes Jr e o irmão Maurício Fernandes, também sócio do grupo que detém a concessionária paulistana Triple Triumph (a primeira da marca inglesa no país) e a Power BMW, com lojas nas cidades de Santo André e Santos (SP).

A concessionária vai vender inicialmente motocicletas dos modelos Bullet, Classic e Continental GT, por preços na casa dos R$ 20 mil. As motos são importadas da Índia.

VEJA TAMBÉM: Abbraccio chega à Avenida Paulista e se prepara para expansão internacional

A centenária Royal pertence desde 1994 à empresa  O presidente da marca, Rudratej “Rudy” Singh, vem ao país para dar início às operações da subsidiária brasileira no dia 20 de abril, em São Paulo.

royal-enfield-bullet-g5-military-efi-12-1

Bullet, ícone sobre duas rodas

CLÁSSICO SOBRE DUAS RODAS

A Royal Enfield nasceu em Worcestershire  (Inglaterra) dentro de uma empresa de componentes para rifles fundada em 1891. A companhia bélica era licenciada para abastecer uma fábrica de armas da Coroa Britânica localizada em Enfield Lock – de onde veio o nome.

Inicialmente dedicada à produção de bicicletas e quadriciclos, a marca fez sua primeira motos em 1901.

A ligação da empresa com o mercado bélico está marcada até hoje no nome de um de seus modelos mais famosos – a Bullet – e no slogan da companhia: “Made like a gun”.

SAIBA MAIS: Cirque du Soleil volta para turnê no Brasil neste ano

Focada na produção de motocicletas de média cilindrada, a marca é famosa pelo ar retrô – o modelo Classic é fabricado praticamente sem alterações desde 1955. (le@forbes.com.br)

Comentários
Topo