Colunas

Campanha “Mulheres Forbes” ganha dois Leões de Ouro

A campanha “Mulheres Forbes”, criada pela agência Ogilvy para a FORBES Brasil, arrematou dois Leões de Ouro na categoria Print & Publishing no 64º Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, principal celebração do mundo da publicidade que começou no último sábado (17).

VEJA TAMBÉM: 20 mulheres mais ricas do mundo em 2017

Com o mote de que o ranking de bilionários, produzido anualmente por FORBES, precisa de mais mulheres, a campanha faz um cálculo de quanto seria a redução nos ganhos de alguns representantes homens da lista caso eles fossem do sexo feminino. Assim, Bill Gates, o homem mais rico do mundo, vira “Billie”, que, por morar nos Estados Unidos, onde as mulheres ganham, em média, 21% a menos do que os homens, ocuparia a 4ª posição do ranking.

Mark Zuckerberg, também norte-americano e 5º colocado na lista, ocuparia a 11ª posição se fosse “Marcia”, outra personagem criada pela campanha. Por fim, Carlos Slim, bilionário do México, país onde as mulheres ganham 17% a menos do que os homens, em média, ocuparia o 10º lugar – e não o 6º do ranking original – , se fosse “Carla”.

RANKING: 20 maiores bilionários do mundo em 2017

Além de ter ganho dois Leões de Ouro, a campanha “Mulheres Forbes”, criada pelo diretor de criação Eduardo Doss, disputou o Grand Prix, maior prêmio de publicidade do festival, mas ficou atrás da campanha “Oregon/Pensylvannia/Aviano”, do Burger King. Até agora, o Brasil soma 52 Leões na edição deste ano do evento.

Comentários
Topo