Colunas

Brasil recebe o ‘Steve Jobs do vinho’, que fez da Argentina o país do Malbec

Quem faz rasante no Brasil na próxima segunda-feira (10) é o aclamado enólogo americano Paul Hobbs, considerado o “Steve Jobs do vinho’, pelo seu fanatismo pela qualidade e pela exatidão de suas criações.

LEIA MAIS: Conheça a garrafa de vinho mais cara do mundo

Responsável por transformar a uva francesa Malbec em ícone da vinicultura da Argentina, Hobbs visita o Rio de Janeiro no dia 10 para comandar pela primeira vez uma Master Class para convidados, além de um seleto jantar no Copacabana Palace, por R$ 550 por pessoa.

Durante o evento, o aclamado enólogo vai apresentar o vinho Cobos Chañares Vineyard Malbec 2014, detentor de 95 pontos Robert Parker, produzido pela sua vinícola premium Viña Cobos, de Mendoza (Argentina). Engarrafado em 2015, o Cobos Chañares Vineyard Malbec 2014 está chegando ao Brasil pelo catálogo da importadora Grand Cru.

REVOLUCIONÁRIO DO MALBEC

Considerado um dos cinco melhores enólogos do mundo e papa no uso do carvalho,  Hobbs começou sua trajetória na renomada casa de vinhos Mondavi (Napa Valley, Califórnia), onde foi enólogo chefe por quatro anos.

VEJA TAMBÉM: 6 vinhos da África do Sul para beber antes de morrer

Em 1997, ajudou a criar a Viña Cobos, vinícola que catapultou a casta Malbec a ícone argentino, graças aos cuidados de Paul Hobbs com as vinhas, com o terroir e com o processo de vinificação. Os vinhos da Cobos estão entre os mais desejados do mundo e a vinícola se tornou popular destino de turistas que visitam Mendoza.

Além de suas próprias empresas, a Paul Hobbs Winery, nos Estados Unidos, e a Vinã Cobos, em Mendoza,  Hobbs empresta seu talento a outras vinícolas da Califórnia, Chile, Argentina, Hungria, França e até Armênia.

 

Comentários
Topo