Colunas

Carta de Jane Austen com críticas à autora “prosaica” vai a leilão

Getty Images

Retrato da escritora inglesa Jane Austen (Getty Images)

A escritora inglesa Jane Austen escreveu uma carta certa vez dizendo que um grande salário era a melhor receita para a felicidade. Agora, uma correspondência particular escrita pela autora para sua sobrinha pode fazer alguém, de fato, muito feliz.

LEIA MAIS: Curiosidades de “Alice no País das Maravilhas” arrecadam £ 70 mil em leilão

A carta, que faz uma crítica a uma autora contemporânea por ser “prosaica”, será leiloada em uma casa de leilões de Londres nesta terça-feira (11). A destinatária da mensagem era Anna Lefroy, a filha mais velha do irmão mais velho da escritora, Reverendo James Austen.

Os leiloeiros da Sotheby’s esperam que o item arrecade entre £ 80 mil e 100 mil.

Reprodução

Expectativa é que carta arrecade entre £ 80 mil e 100 mil (Reprodução)

O assunto da carta é a “mais cansativa e prosaica” novela gótica “Lady Maclairn, the Victim of Villainy” (sem tradução para o português), publicada por sua contemporânea, Rachel Hunter. “É muito interessante ter uma carta de Jane Austen falando sobre escrita, novelas, as novelas de outras pessoas, porque não há muitos casos em que temos isto”, disse o diretor de livros e manuscritos da Sotheby’s, Gabriel Heaton.

Os leiloeiros disseram que a carta, com data de 29 e 30 de outubro de 1812, quando a autora de “Orgulho e Preconceito” estava em seu auge literário, pertencia à família da escritora e nunca foi comercializada antes.

Comentários
Topo