Colunas

Google recorre a grandes escritórios de advocacia para disputa antitruste

Getty Images

O Google contratou pelo menos cinco grandes escritórios de advocacia em Bruxelas para ajudá-lo a lidar com seus problemas regulatórios da UE (Getty Images)

O Google aumentou seu poder de fogo de defesa jurídica em um momento no qual se prepara para uma disputa com reguladores antitruste da União Europeia após uma multa histórica de € 2,4 bilhões (US$ 2,7 bilhões), e frente à possibilidade de uma segunda sanção recorde antes do final do ano.

LEIA MAIS: União Europeia multa Google em valor recorde de US$ 2,7 bi por infração antitruste

Unidade da Alphabet, o maior mecanismo de buscas na internet do mundo vai se valer da experiência de pelo menos cinco grandes escritórios de advocacia em Bruxelas para ajudá-lo a lidar com seus problemas regulatórios da UE, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A autoridade de concorrência da EU multou a companhia de internet em € 2,4 bilhões no mês passado por favorecer indevidamente seus serviços de compras.

Os escritórios contratados são Cleary Gottlieb, Allen & Overy, Slaughter & May, Garrigues e White & Case.

O Google não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários enviados por email.

VEJA TAMBÉM: UE considera multa recorde em caso envolvendo sistema Android

A decisão da companhia de confiar em uma gama diversificada de advogados faz sentido por causa dos riscos que a empresa enfrenta, disse Ian Giles, um sócio do escritório Norton Rose Fulbright.

Comentários
Topo