Colunas

Vazamentos dão detalhes dos novos Galaxy Note 8 e iPhone

Reprodução/FORBES

Diferentemente da Samsung, Apple lançará apenas um modelo com tela OLED .(Reprodução/FORBES)

Inúmeros vazamentos sobre as novas linhas do iPhone e do Galaxy Note 8, ambas aguardadas para os próximos meses, dão cada vez mais detalhes sobre o design e as funções dos produtos.

VEJA TAMBÉM: Samsung Galaxy S8 supera iPhone 7 em bateria, tela e câmera

O website especializado em vazamentos da área de tecnologia “SlashLeaks”, por exemplo, revela que o Note 8 terá tela ainda maior do que a do S8 e do S8 Plus – 6,3 polegadas. O gigante da mídia asiática “Nikkei”, por outro lado, relata que a Apple lançará apenas um modelo com tela OLED – conhecida pela melhor qualidade de imagem e maior economia de bateria – neste ano, com preço exorbitante.

Galaxy Note 8

Reprodução/FORBES

Tudo indica que o Galaxy Note 8 terá sua tela aumentada. (Reprodução/FORBES)

Os celulares Galaxy de 2017 são focados, principalmente, em tamanho. O Galaxy S8 e o S8 Plus tiveram suas telas aumentadas em comparação ao S7 e ao S7 Edge, e tudo indica que o Galaxy Note 8 seguirá a mesma linha.

O “SlashLeaks” obteve novas informações que vão ao encontro dos cases oficiais do Galaxy Note 8 produzidas pela Olixar e vazados anteriormente. Tudo indica que o celular exibirá uma tela “Infinity Display” (curva) que preencherá uma porcentagem ainda maior da frente do celular do que nos Galaxy S8 e S8 Plus. Isso está alinhado aos múltiplos vazamentos que indicam que o Note 8 terá tela de 6,3 polegadas, 0,6 polegada maior do que as 5,7 polegadas do Note 7.

LEIA: Samsung planeja lançar Galaxy Note 8 em agosto durante evento em NY

O vazamento também mostra que o Note 8 vai mudar para o mesmo aspecto alongado de 19.5:9 do Galaxy S8 e S8 Plus, o que faz com que os celulares maiores sejam mais fáceis de ser segurados e usados com uma única mão.

O movimento faz sentido, já que a Samsung tipicamente aplica (e refina) a tecnologia de ponta introduzida em cada geração do Galaxy S na versão Note lançada meses mais tarde. Se as 6,3 polegadas serão um passo grande demais para alguns usuários ainda é uma incógnita.

Obviamente, não é surpresa ver a Samsung ser generosa com o Galaxy Note 8, uma vez que a Apple vai lançar o maior modelo do iPhone até então um mês após o lançamento do Note, em agosto. A versão da Samsung também terá duas câmeras, manterá a entrada para fones de ouvido e terá o sensor de impressão digital em uma posição um pouco melhor do que a dos outros lançamentos da marca.

iPhone 8

Reprodução/FORBES

Graças à tela OLED, em 2018 até a famosa bateria precária do iPhone pode finalmente receber melhora (Reprodução/FORBES)

“Talvez o próximo?” Esta é uma pergunta que os amantes de tecnologia costumam fazer frequentemente quando um novo smartphone não satisfaz todos os seus desejos. No entanto, os vazamentos sugerem que talvez seja de fato melhor pular todos os iPhones de 2017. O “Nikkei” revelou que a Apple vai atualizar seus iPhones para telas OLED apenas em 2018 – com exceção de apenas um, extremamente caro, novo modelo premium em 2017.

Ao citar “duas fontes da indústria”, o “Nikkei” diz que a Apple pretende lançar um iPhone 8 com OLED e dois com LCD que serão basicamente iPhones 7S e 7S Plus com alguns incrementos. No ano seguinte, no entanto, os modelos serão mais ambiciosos. Além disso, a gigante da tecnologia provavelmente lançará três novos modelos em 2018.

Claro que aqueles que puderem pagar o preço exorbitante do iPhone 8 OLED em 2017 não têm necessidade de esperar. Mas para quem o orçamento é limitado, a dica é levar em consideração que o OLED não apenas tem imagens com qualidade muito melhor do que as do LCD, mas tem bateria também muito mais eficiente.

E MAIS: Apple é a primeira empresa da história a valer US$ 800 bilhões

Consequentemente, em 2018, até a famosa bateria precária do iPhone de 4,7 polegadas pode finalmente receber a melhoria que os usuários mereceram (e pediram) por anos. Um ponto interessante é que um movimento universal pelo OLED vai também enriquecer a maior rival da Apple. A Samsung vai fornecer a maioria das telas OLED dos iPhones futuros, e tal investimento irá, provavelmente, possibilitar que a empresa invista ainda mais nas melhorias dos rivais do iPhone Galaxy S e Galaxy Note.

Com o lançamento do Galaxy Note 8 na mesma época dos novos iPhones de 2017 (apesar dos rumores de atrasos), será interessante ver como estes dois rivais históricos vai agir se a parceria (Samsung já fornece muitos componentes de hardware para os iPhones) se tornar ainda mais profunda.

Comentários
Topo