LVMH pretende transformar local histórico de Paris em parque de diversões

Getty Images
O contrato de concessão do Jardin d’Acclimatation tem duração de 25 anos (Getty Images)

A gigante francesa de produtos de luxo LVMH, dona da marca de moda Louis Vuitton, conduzirá um plano de ‎€ 60 milhões (US$ 72 milhões) para transformar um jardim de 157 anos de Paris, o Jardin d’Acclimatation, em um dos três maiores parques de diversões da França.

LEIA MAIS: Noite em luxuoso hotel recém-inaugurado em Paris custa US$ 36.000

A LVMH, que administra o parque desde 1984, tem uma participação de 80% em uma parceria com a Compagnie des Alpes, uma desenvolvedora de parques temáticos e resorts de ski.

Autoridades de Paris renovaram no último ano a concessão da LVMH para a área de 18 hectares no oeste da cidade, abrindo o caminho para a reforma do jardim e de suas atrações. O contrato de concessão tem duração de 25 anos.

As obras começarão no dia 4 de setembro e irão até o dia 1º de maio do próximo ano para a construção de 17 novas atrações, algumas com o tema “steampunk”, um subgênero de ficção científica inspirado nas máquinas a vapor industriais do século 19.

A Compagnie des Alpes e a LVMH, controladas pelo bilionário Bernard Arnault, querem elevar o número de visitantes anuais do parque de 2 milhões atualmente para cerca de 3 milhões até 2025, o que o ainda o deixaria atrás da Disney de Paris, mas a frente do Parc Asterix. “Nosso objetivo é que o Jardin d’Acclimatation fique em segundo ou terceiro lugar entre os parques temáticos da França”, disse Delphine Pons, chefe de desenvolvimento da Compagnie des Alpes, em coletiva de imprensa.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).