Colunas

Madero lança nova rede de hamburguerias em setembro

O grupo paranaense Madero, maior rede de casual dinning do Brasil, está temperando os últimos preparativos para tirar da chapa uma nova rede de hamburguerias.

LEIA MAIS: Conheça o Flat Iron, a carne que é a nova sensação entre os consumidores brasileiros

A bandeira foi batizada de Jerônimo e vai inaugurar o primeiro restaurante em setembro no Shopping Estação, em Curitiba (PR), terra natal do grupo.

O empresário e chef Junior Durski tem em fogo alto a abertura de mais duas unidades da nova rede neste ano – uma no Pier 21 em Brasília (DF) e outra no bairro Bela Vista em Porto Alegre (RS).

“Sou tão otimista que já estou começando o teste logo com três restaurantes”, diz Durski.

Em janeiro de 2018, a novidade chega a São Paulo. O empresário prevê a implantação de 20 unidades da nova marca no próximo ano.

“Vamos onde já tem unidades do Madero”,  antecipa.

VEJA TAMBÉM: 7 pratos que estão em alta e você precisa experimentar

MAIS BARATO, NA CHAPA E SÓ HAMBÚRGUER

A rede Jerônimo foi planejada para um público mais jovem (os millennials) e, por isso, tem ambientação diferenciada, cardápio mais enxuto e preços mais baixos do que praticados nos restaurantes Madero. O combo de hambúrguer, batata e refrigerante vai custar R$ 30, antecipa Durski. Outra diferença em relação ao Madero é que as novas operações venderão exclusivamente hambúrgueres e saladas – sem massas, carnes e outros pratos, como na rede-mãe.

Outra novidade será a forma de preparo do hambúrguer, que vai seguir o conceito ‘smash burguer”: a carne será  prensada em uma chapa feita em aço carbono, que chega a 350 graus, sem grudar. No Madero, o preparo é feito na churrasqueira.

FAST CASUAL

Segundo o empresário, o Jerônimo é uma aposta no segmento ‘fast casual’ – operações de comida rápida,  mas com produto de qualidade e em ambiente cuidado, com confortos como wifi. A inspiração vem dos Estados Unidos, onde existem cerca de 20 grandes redes do gênero, todas com mais de 50 unidades. “No Brasil, ainda não tem nenhuma grande. Queremos ser os primeiros”.
E MAIS: 8 hotéis que todo amante da gastronomia deveria conhecer

O Madero está investindo cerca de R$ 10 milhões na largada da nova rede – cerca de R$ 3,5 milhões por unidade. No próximo ano, serão mais R$ 70 milhões.

O nome Jerônimo é uma homenagem do empresário ao tataravô, primeiro polonês a migrar oficialmente ao Brasil, em 1870.

Curitiba, Parana, Brasil, 17 de agosto de 2016. Legenda: Junior Durski, proprietário da rede de restaurantes Madero, em uma das lojas de Curitiba. Foto: Guilherme Pupo

Comentários
Topo