Colunas

Mercado aposta que LG vai, finalmente, entrar no mercado de telas OLED para celulares

Reprodução/Forbes

A LG até forneceu painéis OLED para o Apple Watch (Reprodução/Forbes)

No último ano, quando visitou a sede da LG em Seul, capital da Coreia do Sul, o jornalista Ben Sin perguntou ao líder da equipe dos produtos mobile, Ian Hwang, algo que muita gente gostaria de saber: por que os celulares da LG ainda não utilizam a tecnologia OLED em suas telas? Afinal, todo mundo que entende um pouco de tecnologia prefere os painéis OLED aos tradicionais em LCD (o iPhone 8 está, finalmente, aderindo a eles também) e a LG é o maior agente no mercado de televisões OLED. (A Samsung, na realidade, nem mesmo vende televisões OLED, mas utiliza uma tecnologia semelhante chamada QLED). A LG até forneceu painéis OLED para o Apple Watch.

LEIA TAMBÉM: Samsung Galaxy S8 supera iPhone 7 em bateria, tela e câmera

Os funcionários da área não conseguiram responder à pergunta do jornalista, mas insinuaram que a decisão veio da LG Display (um outro departamento) que, na época, preferiu focar em “grandes painéis”, como os de televisão. Levando em consideração os últimos rumores, vazamentos e conversas extra-oficiais com pessoas deste mercado, a impressão é que a LG vai, finalmente, aderir à tecnologia com o LG V30 e o Pixel 2. O último aparelho, obviamente, é um “celular Google”, e enquanto um anúncio oficial não é feito, os geeks apostam que a LG será a responsável pelo celular do gigante de buscas. E, quem acompanha as notícias sobre telefonia móvel, com certeza já se deparou com o Pixel 2 graças ao conteúdo vazado pelo site “Android Police”, que mostra que o aparelho se parece muito com o LG G6.

O Pixel 2, de acordo com o “Android Police” (que também vazou detalhes da aparência do Pixel 1 no último ano), vai adotar definitivamente um painel OLED feito pela LG, que tem até a mesma proporção 18:9 promovida pela empresa e pela Samsung este ano (os celulares chineses certamente seguirão este modelo nas novas gerações de aparelhos do próximo ano). Isso significa que a LG Displays está produzindo telas OLED menores agora, com reservas suficientes para o V30, G7 e talvez até para o iPhone de 2018, caso os rumores sejam verdadeiros.

Reprodução/Forbes

Conteúdo vazado pelo site “Android Police” (Reprodução/Forbes)

O V30 provavelmente será apresentado em 31 de agosto na IFA, maior feira de tecnologia da Europa, que será realizada em Berlim. Até agora, a LG não confirmou oficialmente as notícias sobre o assunto, mas enviou uma imagem com um V para jornalistas de tecnologia pedindo que eles reservem a data. Ao observar a imagem cuidadosamente elaborada, é possível deduzir que o V30 terá a mesma proporção 18:9 que o G6 (e o Pixel 2), junto com as bordas arredondadas.

Comentários
Topo