Colunas

Porsche planeja entrada na Fórmula E

Divulgação

Nova estratégia da montadora tem foco em eletromobilidade e na classe GT (Divulgação)

A Porsche prepara, para 2019, sua entrada na Fórmula E. Como resultado, a empresa vai finalizar seu envolvimento na categoria LMP1 do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC) ao término da temporada 2017. A marca de carros esportivos tem como estratégia manter o foco em corridas internacionais GT e no uso do modelo 911 RSR na classe GT WEC, cujo destaque é a 24 Horas de Le Mans, assim como no WeatherTech SportsCar Championship e em outros clássicos de longa distância.

LEIA MAIS: Como o 911 da Porsche revolucionou o mundo das cores no mercado automotivo

Este realinhamento da estratégia de ações no automobilismo é derivado da direção estabelecida para a empresa no plano Porsche Strategy 2025, que foca no desenvolvimento de veículos GT e carros esportivos elétricos, como o primeiro Mission E, totalmente movido à bateria. “A crescente liberdade de nossos desenvolvimentos tecnológicos torna a Fórmula E atrativa para nós”, diz Michael Steiner, integrante do conselho executivo de pesquisa e desenvolvimento da Porsche AG. “Estamos trabalhando com conceitos alternativos e inovadores de direção. Para nós, a Fórmula E é o ambiente competitivo máximo para impulsionar o desenvolvimento de veículos de alta performance em áreas como ecologia, eficiência e sustentabilidade.” A Porsche já deu os primeiros passos no sentido de desenvolver seu próprio carro de corrida para a Fórmula E este ano.

“Para nós, a Fórmula E é o ambiente competitivo máximo para impulsionar o desenvolvimento de veículos de alta performance em áreas como ecologia, eficiência e sustentabilidade.”

Ao mesmo tempo, a montadora está aumentando seu comprometimento com a classe GT. “Uma diversidade de fabricantes e a qualidade tanto do WEC quanto do IMSA nos levaram a fortalecer nosso engajamento e concentrar nossas energias em usar o 911 RSR”, diz Steiner. “Queremos ser o número um. Para isso, precisamos investir de acordo.”

Fritz Enzinger, vice-presidente da categoria LMP1 e figura central no retorno da Porsche ao automobilismo de alto nível em 2014, diz: “Construir o time para Le Mans do zero foi um grande desafio. Esta será a nossa base para seguir em frente. Estou certo de que manteremos nosso alto nível na Fórmula E. A confiança está grande e estamos animados para começar.”

A Fórmula E é a primeira série de corridas totalmente elétrica do mundo, lançada em 2014. A Federação Internacional do Automóvel (FIA), que também é responsável pela Fórmula 1, organizou a competição para fazer uma declaração a favor da eletromobilidade, além de aumentar o interesse dos jovens pelo esporte. Os locais das corridas são pistas especialmente desenhadas no coração de grandes cidades, o que significa que o esporte vai até os espectadores – e não o contrário. A eletromobilidade tem tido papel importante na mobilidade do futuro, especialmente em ambientes urbanos.

Comentários
Topo