Colunas

Museu Louvre de Abu Dhabi será inaugurado em novembro sem restrições para artes

Getty Images

A exposição contará com trabalhos de artistas como Paul Gauguin, Pablo Picasso (f) e Cy Twombly (Getty Images)

Mais de 600 obras de arte de todo o mundo serão exibidas na galeria do Louvre em Abu Dhabi a partir do dia 11 de novembro, em um projeto que espera atrair milhões de visitantes por ano para a capital dos Emirados Árabes Unidos.

LEIA MAIS: 10 maiores roubos de obras de arte

A galeria à beira-mar exibirá peças da pré-história até a era contemporânea. Além de artefatos e pinturas do Oriente Médio, a exposição contará com trabalhos de artistas como Paul Gauguin, Pablo Picasso e Cy Twombly.

Autoridades francesas disseram nesta quarta-feira (6) que nenhuma restrição foi imposta para as obras da coleção, que incluirá pinturas de nu, artes islâmicas e cristãs e representações de divindades da Ásia. “Nós tivemos carta branca para as aquisições em todos os domínios”, disse Jean-François Charnier, diretor científico da Agência de Museus Franceses. “Você tem estátuas nuas no museu, pinturas contemporâneas. Você também tem imagens religiosas de todas as crenças.”

As obras serão organizadas para mostrar grandes estágios do desenvolvimento humano, e vão enfatizar as ligações entre diferentes culturas, disse Charnier. “Nós vamos mostrar, com um trabalho chinês e um trabalho islâmico, as ligações, as consistências, as similaridades… O objetivo é mostrar que na história existem mais ligações e pontes do que muros.”

Comentários
Topo