Colunas

Quase 40% dos lares norte-americanos têm armas de fogo

Na noite de domingo (1), Las Vegas sofreu a pior matança em série por arma de fogo da história recente dos Estados Unidos. 59 pessoas morreram em um festival de música country quando um agressor abriu fogo do quarto de um hotel com vista para o evento. Mais de 500 pessoas foram feridas no ataque e no caos subsequente. No ano passado, houve um acidente similar em uma casa noturna em Orlando, na Flórida, em que 49 pessoas perderam suas vidas.

VEJA TAMBÉM: 11 atentados terroristas mais impactantes da história

A tragédia abriu espaço para um debate recorrente nos Estados Unidos: a posse de armas de fogo. Os EUA são o país mais fortemente armado do mundo. De acordo com a empresa de pesquisa Gallup, 39% dos lares norte-americanos tinham pelo menos uma arma em 2016. O índice variou nos últimos dez anos, mas esteve sempre concentrado perto dos 40% para os lares (não indivíduos).

Como muitas residências têm múltiplas armas ou múltiplos proprietários de armas, outras fontes estimam quase 90 armas a cada 100 pessoas. Muitas delas são de propriedade de homens mais velhos – quase 50% têm mais de 45 anos (a base é a população geral).

Reprodução/Statista

Como muitas residências têm múltiplas armas ou múltiplos proprietários de armas, outras fontes estimam quase 90 armas a cada 100 pessoas. (Reprodução/Statista)

Comentários
Topo