Colunas

Retrato de Cristo pintado por Da Vinci pode chegar a US$ 100 milhões em leilão

Reprodução

Obra é uma das menos de 20 do artista renascentista de que se tem conhecimento (Reprodução)

A última pintura de Leonardo da Vinci em posse de um colecionador está indo a leilão, segundo anúncio da casa de leilões Christie’s hoje (10).

VEJA MAIS: Descubra os números milionários das pinturas

“Salvator Mundi”, um retrato etéreo de Jesus Cristo que data aproximadamente do ano 1500, deve ser arrematado por cerca de US$ 100 milhões na Christie’s, o que fará dele uma das obras mais estimadas do mundo a serem vendidas em um leilão.

“Este é realmente o Santo Graal das redescobertas artísticas”, disse Alan Wintermute, especialista sênior em pinturas dos Velhos Mestres da Christie’s, ao explicar que durante muito tempo se acreditou que o retrato, às vezes chamado de Mona Lisa masculina, havia sido perdido ou destruído.

LEIA TAMBÉM: Partitura de “Eleanor Rigby”, dos Beatles, vai a leilão

O quadro, que mostra Cristo em mantos de azul e carmesin vívidos segurando um orbe de cristal, é um de menos de 20 quadros sobreviventes de Da Vinci e o último em mãos particulares disse a Christie’s,.

A casa de leilões não identificou o vendedor, um colecionador europeu que adquiriu a obra depois de sua redescoberta e restauração, que começou em meados de 2005. “Salvatore Mundi” será leiloado pela Christie’s em Nova York no dia 15 de novembro.

Comentários
Topo