Twitter endurece orientações sobre assédio

Getty Images
Entre as orientações está a suspensão imediata e permanente de qualquer conta que a empresa identifique como fonte de nudez não consensual (Getty Images)

O Twitter reforçou sua posição sobre assédio e abuso sexual, estabelecendo penalidades mais fortes por má conduta na rede social em um email para seu conselho de confiança e segurança publicado pela Wired na última terça-feira (17).

LEIA MAIS: Ações do Twitter desabam após estagnação de usuários decepcionar investidores

A Reuters não pôde autenticar o email publicado pelo site e o Twitter não comentou o assunto.

Em uma série de publicações na sexta-feira (14), o presidente-executivo da empresa, Jack Dorsey, anunciou planos para atuar de forma mais agressiva para limitar o número de agressores no Twitter.

O email publicado pela Wired disse que o novo conjunto de orientações estará alinhado com as publicações de Dorsey e incluirá a suspensão imediata e permanente de qualquer conta que a empresa identifique como fonte de nudez não consensual.

A definição de nudez não consensual da rede social também será expandida para incluir “imagens upskirt”, “creep shots” e “conteúdo de câmera escondida”, afirma a mensagem no email.

O email também afirma que a empresa vai publicar mais detalhes sobre uma mudança de política que inclua símbolos e imagens de ódio em sua definição de mídia sensível.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).