Colunas

Museu do Louvre de Abu Dhabi exibirá pintura de US$ 450,3 milhões de Leonardo da Vinci

Reprodução

“Salvator Mundi”, retrato de Cristo pintado por Leonardo da Vinci, foi adquirido por US$ 450,3 milhões no mês passado (Reprodução)

O novo museu do Louvre de Abu Dhabi exibirá “Salvator Mundi”, retrato de Cristo pintado por Leonardo da Vinci que se tornou a pintura mais cara vendida em um leilão em Nova York ao ser adquirida por US$ 450,3 milhões no mês passado. “O ‘Salvator Mundi’ de Da Vinci está vindo para o #Louvre Abu Dhabi”, anunciou o museu em sua conta de Twitter no final da quarta-feira (6).

LEIA MAIS: Retrato de Cristo pintado por da Vinci é vendido por valor recorde de mais de U$ 450 mi

O Louvre de Abu Dhabi não disse se a obra ficará exposta de forma permanente, nem deu pistas sobre a identidade de seu comprador. Um porta-voz do museu disse apenas que a entidade não tem mais nenhum comentário a fazer no momento.

O jornal “The New York Times” revelou que o vencedor do leilão realizado na casa Christie’s em 15 de novembro foi um príncipe saudita, Bader bin Abdullah bin Mohammed bin Farhan al-Saud, citando documentos provenientes da Arábia Saudita.

Abu Dhabi inaugurou sua filial do Louvre em novembro, posicionando-se como uma cidade de turismo cultural com a exibição de centenas de obras com as quais espera atrair visitantes de todo o mundo. Cercado por água em três lados, o museu abriga 600 obras de arte que adquiriu e 300 outras emprestadas de 13 instituições francesas de renome em suas 23 galerias permanentes. Os artistas vão de Paul Gauguin e Vincent Van Gogh a Pablo Picasso e Cy Twombly.

O museu já conta com uma das maiores obras de Da Vinci, e o “Retrato de uma Mulher Desconhecida”, pintado pelo mestre renascentista entre 1495 e 1499 e recém-restaurado, foi emprestado pelo Louvre de Paris.

O presidente francês, Emmanuel Macron, foi o convidado de honra na abertura, que também contou com a presença de outros chefes de Estado.

Comentários
Topo