Qual o único homem do mundo poderia ser Papai Noel na vida real

Serenata Flowers, um e-commerce de flores do Reino Unido, elaborou um estudo sobre quanto custaria ser Papai Noel. Segundo eles, seriam necessários US$ 25,3 bilhões para estar na pele do Bom Velhinho.

VEJA TAMBÉM: Quanto ganharam por hora os 10 bilionários que mais faturaram em 2017

Ainda que, por se tratar de algo fantasioso, a veracidade do estudo possa ser questionada, a questão é: se de fato custasse US$ 25,3 bilhões ser o Papai Noel, quem poderia exercer esse cargo?

Com base na lista de bilionários FORBES, poucas pessoas do mundo têm mais de US$ 25,3 bilhões.

Veja na galeria de fotos abaixo, os candidatos capacitados para ser Papai Noel na vida real e quem seria escolhido para a vaga:

  • Critérios
    Não bastaria apenas ter US$ 25,3 bilhões para exercer a função. Em primeiro lugar, ser o Papai Noel não pode acabar com todo o seu dinheiro.

    Vamos estabelecer que seja preciso ter ao menos US$ 12,5 bilhões em caixa, após os presentes de Natal, para ter guardada a metade da quantia suficiente para a data no próximo ano.

    Logo, seriam necessários pelo menos US$ 37,8 bilhões para se candidatar à vaga.

  • Primeira fase da seleção
    Logo de cara, a “quantia de corte” eliminaria da seleção bilionários como o brasileiro Jorge Paulo Lemann e Steve Ballmer.

  • Segunda fase da seleção
    Os bilionários a seguir, segundo nossos critérios, estariam aptos a serem Papai Noel.

  • Jeff Bezos
    País: Estados Unidos
    Idade: 53
    Fortuna: US$ 99 bilhões

  • Bill Gates
    País: Estados Unidos
    Idade: 62
    Fortuna: US$ 90,7 bilhões

  • Warren Buffett
    País: Estados Unidos
    Idade: 87
    Fortuna: US$ 85,1 bilhões

  • Mark Zuckerberg
    País: Estados Unidos
    Idade: 33
    Fortuna: US$ 71,7 bilhões

  • Amancio Ortega
    País: Espanha
    Idade: 81
    Fortuna: US$ 75,8

  • Carlos Slim Helu
    País: México
    Idade: 77
    Fortuna: US$ 64,9 bilhões

  • Larry Ellison
    País: Estados Unidos
    Idade: 73
    Fortuna: US$ 58,5 bilhões

  • Larry Page
    País: Estados Unidos
    Idade: 44
    Fortuna: US$ 49,7 bilhões

  • Charles Koch
    País: Estados Unidos
    Idade: 82
    Fortuna: US$ 50 bilhões

  • David Koch
    País: Estados Unidos
    Idade: 77
    Fortuna: US$ 50 bilhões

  • Sergey Brin
    País: Estados Unidos
    Idade: 44
    Fortuna: US$ 48,4 bilhões

  • Bernard Arnault
    País: França
    Idade: 68
    Fortuna: US$ 65,5 bilhões

  • Michael Bloomberg
    País: Estados Unidos
    Idade: 75
    Fortuna: US$ 49,8 bilhões

  • Segundo critério de corte
    Outro ponto a ser considerado é que Papai Noel tem um longo histórico e é claramente rico há um bom tempo. Portanto, os candidatos teriam de fazer parte da lista de bilionários FORBES há no mínimo 25 anos.

  • Eliminados
    Esse critério tira da disputa pela vaga Sergey Brin, Larry Page, Bernard Arnault, Michael Bloomberg, Larry Ellison, Mark Zuckerberg, Amancio Ortega e Jeff Bezos, um talento natural em logística de entregas.

  • Terceira fase da seleção
    Restariam, então, David Koch, Charles Koch, Carlos Slim Helu, Warren Buffett e Bill Gates.

    No entanto, como Papai Noel vive no Polo Norte, não é cético em relação às mudanças climáticas, pois experimenta diretamente seus efeitos. Assim, seriam eliminados David Koch e Charles Koch.

  • Os últimos três candidatos
    Após todas os critérios de corte, o Top 3 de bilionários aptos para ser Papai Noel seria composto pelos nomes a seguir.

  • Carlos Slim Helu
    Não utiliza computadores e controla seus negócios em cadernos detalhados, o que poderia levantar a questão de se ele faz listas e as checa mais uma vez.

  • Warren Buffett
    Tem um impressionante comprometimento, de longa data, com a filantropia.

  • Bill Gates
    Já trabalha como Papai Noel. Segundo reportagem do portal de notícias “CNN”, ele participa de trocas de presentes no estilo de amigo secreto há pelo menos cinco anos. Como número 2 no ranking FORBES,tem dinheiro o suficiente para atuar como Bom Velhinho por um bom tempo.

  • O escolhido para a vaga
    Se Papai Noel requisesse US$ 25,3 bilhões para existir, então, esse papel teria de ser do cofundador da Microsoft Bill Gates, atualmente, o segundo homem mais rico do mundo.

Critérios
Não bastaria apenas ter US$ 25,3 bilhões para exercer a função. Em primeiro lugar, ser o Papai Noel não pode acabar com todo o seu dinheiro.

Vamos estabelecer que seja preciso ter ao menos US$ 12,5 bilhões em caixa, após os presentes de Natal, para ter guardada a metade da quantia suficiente para a data no próximo ano.

Logo, seriam necessários pelo menos US$ 37,8 bilhões para se candidatar à vaga.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).