“Atualmente, não há limites ou barreiras para transformar o sonho em realidade”, diz Fernando Cymrot

Divulgação
Fundador do Canal da Peça foi um dos eleitos na categoria Negócios da edição 2017 do Under 30, de FORBES Brasil. (Divulgação)

As novas tecnologias estão remodelando os negócios de diferentes setores da economia. E boa parte dessas novidades vem de jovens disruptores, que oferecem suas ideias ao mercado por meio de startups. Fernando Cymrot é um desses jovens, cujo sucesso o colocou em evidência a ponto de, em 2017, ser um dos Under 30 na categoria Negócios.

VEJA TAMBÉM: UNDER 30 de FORBES Brasil terá indicações online

Cymrot, ao lado do sócio Vinícius Dias, fundou o Canal da Peça, uma plataforma de vendas online de autopeças. Basta o usuário fornecer o ano e o modelo do automóvel para dar início a um mapeamento de informações sobre fornecedores, disponibilidade em estoque, preços e entrega das peças.
FORBES Brasil conversou com Cymrot sobre como foi ser eleito um Under 30, as mudanças e as conquistas depois da lista e o que está fazendo atualmente. Veja, a seguir, os melhores momentos da entrevista:

FORBES BRASIL: Como foi a sensação de ser Under 30?
Fernando Cymrot: Fiquei orgulhoso ao ser reconhecido por uma publicação que é referência na área empresarial e para os leitores. FORBES é uma referência internacional e o Under 30 é um objeto de desejo de praticamente todos os jovens que buscam se destacar em suas áreas de atuação. Foi uma grande oportunidade estar na lista, me deu mais confiança para correr atrás do nosso sonho [referindo-se ao sócio Vinícius Dias].

FB: O que mudou na sua vida e nos negócios depois da publicação da lista?
FC: O principal aspecto do Under 30, devido à credibilidade da revista, é se tornar uma referência, especialmente para clientes, investidores e parceiros comerciais. O potencial de uma startup ainda é refletido na capacidade de seus fundadores. Fazer parte da lista Under 30 reforçou aos nossos parceiros o potencial da empreitada que meu sócio e eu estamos tirando do papel.

"Under 30 é um objeto de desejo de praticamente todos os jovens que buscam se destacar em suas áreas de atuação"

FB: Você fundou outra startup depois do Under 30?
FC: Continuo 100% focado no Canal da Peça.

FB: O Canal da Peça realizou alguma rodada de investimento depois da lista?
FC: Tivemos uma rodada de investimentos, que ainda não foi anunciada. O Under 30 nos deu credenciais para os investidores acreditarem na capacidade do Fernando e do Vinicius de transformar o Canal da Peça em uma empresa de sucesso.

LEIA MAIS: 91 destaques brasileiros abaixo dos 30 anos

FB: O aumento do faturamento do Canal da Peça foi de 25% ao mês em 2016. O ritmo de crescimento foi o mesmo no ano passado?
FC: Sim, a startup teve um crescimento de 300% na receita em 2017, e queremos repeti-lo em 2018.

FB: Que mensagem você deixa aos jovens que almejam ser Under 30 na edição deste ano?
FC: Os jovens devem, cada vez mais, correr atrás de seus sonhos. Vivemos em uma época com muito acesso à informação, conteúdo e tecnologia, o que nos possibilita aprender qualquer coisa. Não há limites ou barreiras para transformar o sonho em realidade. Essa mensagem não é somente para aqueles que almejam o sucesso nos negócios, mas também para os que sonham tirar os seus projetos do papel e colocá-los em prática. Busquem conteúdo e informação e tenham resiliência. O mais importante é os seus objetivos serem alcançados, e o Under 30 vai ser um reconhecimento de que se está no caminho certo, além de dar mais confiança.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).