Dispositivo portátil alerta pessoas alérgicas sobre alimentos

O Nima, um sensor portátil de comida, está ajudando a minimizar o problema nos Estados Unidos (Reprodução)

Sentar à mesa para fazer uma refeição talvez seja a parte mais simples e satisfatória de qualquer rotina. Para milhões de pessoas em todo o mundo que sofrem com alergias alimentares, no entanto, comer pode ser uma tarefa arriscada.

LEIA MAIS: 10 perfis de comida com mais seguidores no Instagram

O Nima, um sensor portátil de comida, está ajudando a minimizar o problema nos Estados Unidos, onde 15 milhões de pessoas sofrem do mal, ao oferecer um rápido teste de detecção de alergias. FORBES conversou com Shireen Yates, cofundadora da companhia que criou o produto, para descobrir como a tecnologia do dispositivo está mudando as atitudes das pessoas alérgicas.

A ideia surgiu quando Shireen, que tem intolerância ao glúten, estava em um casamento e não sabia se os aperitivos servidos continham ou não o produto. “E se eu pudesse, por meio de uma amostra, descobrir isso agora?”, pensou ela, na ocasião. “Permitimos que as pessoas sejam suas versões mais saudáveis ao fornecer um dispositivo capaz de informar os componentes da comida”, conta a idealizadora do projeto.

O Nima, que está no mercado há cerca de um ano, funciona a partir de testes químicos de anticorpos. Há duas versões: uma para a detecção de glúten e outra para amendoins. Por meio de um aplicativo, é possível verificar o que outras pessoas estão testando em diferentes restaurantes.

“Eu me surpreendi com a frequência com que as pessoas são expostas a comidas que elas tentam evitar. Quando começamos a perguntar a elas sobre o glúten, elas afirmaram que passam mal pelo menos uma vez a cada três ou quatro refeições feitas fora de casa. Percebemos também que a maioria dos lugares que afirmam ter pratos sem glúten não estão dizendo a verdade”, diz Shireen.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br)

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).