Bilionário dono do New Orleans Saints e do Pelicans morre aos 90 anos

Getty Images
Ele foi hospitalizado com gripe no meio de fevereiro, segundo seu obituário no website do time New Orleans Saints. (Getty Images)

Tom Benson, bilionário dono de dois times esportivos profissionais de New Orleans, morreu aos 90 anos ontem (15). Ele foi hospitalizado com gripe no meio de fevereiro, segundo seu obituário no website do time New Orleans Saints. Na última lista de bilionários FORBES, publicada no dia 6 de março, Benson aparecia na 791ª posição, com patrimônio de US$ 3 bilhões.

O bilionário nasceu em New Orleans em 1927. Estudou administração e contabilidade na Universidade Loyola e, durante a Segunda Guerra Mundial, antes de receber seu diploma, alistou-se na marinha dos Estados Unidos. Benson só completou sua graduação quando a guerra terminou.

Em 1948, o recém-formado começou sua carreira como contador em uma concessionária da Chevrolet e, menos de uma década mais tarde, era um dos sócios. Seu obituário declara que ele “assumiu o controle da empresa” em 1962 e abriu uma série de concessionárias em New Orleans e no Texas. Logo depois, fundou um negócio de atividades bancárias que, mais tarde, tornou-se público como Benson Financial World.

Benson comprou o New Orleans Saints, da NFL, em 1985, e os Pelicans, então chamados de Hornets, em 2012. Ontem (15), o comissário Roger Goodell elogiou a carreira de Benson na liga. “As contribuições de Tom Benson a New Orleans e à NFL foram lendárias”, disse ele. “Ele adquiriu um time que nunca tinha tido uma temporada vitoriosa – no terceiro ano sob sua propriedade, os Saints estavam nos playoffs.” O time venceu o Super Bowl em fevereiro de 2010. FORBES avalia os Saints em US$ 2 bilhões e os Pelicans em US$ 1 bilhão.

Os planos de sucessão de seu império ainda não estão claros. Em 2015, ele retirou muitos familiares de seu testamento, o que deu início a uma prolongada batalha judicial. Ele havia decidido que sua terceira esposa, Gayle, com quem se casou em 2004, herdaria a sua fortuna. Sua filha e seus netos posteriormente abriram um processo alegando que ele estava mentalmente inapto a comandar seus negócios. O processo foi resolvido em fevereiro de 2017 com um acordo confidencial.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).