Google lança novas funcionalidades de busca

Foto: Divulgação
Novas funcionalidades prometem melhores resultados e buscas mais intuitivas

Há 20 anos, o Google lançou a sua ferramenta de busca, algo que mudaria a forma como as pessoas fazem pesquisa e acessam a informação. Como disse Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, na manhã da última terça-feira (24), “ainda é difícil medir o impacto da ferramenta na vida das pessoas e na sociedade como um todo”.

LEIA MAIS: Carrefour se une ao Google para impulso em assistente de voz

Apesar de a empresa ter novos produtos e frentes de negócios, o mecanismo de busca permanece sendo o seu produto-chave, responsável por quase 90% da receita, segundo o executivo. Durante essas duas décadas, a maneira como as pessoas fazem pesquisas mudou muito, principalmente com a chegada do primeiro smartphone, em 2007, responsável por uma alteração drástica nesse processo. E a evolução continuou. “A informação precisa chegar ao consumidor de forma cada vez mais rápida e intuitiva”, diz Bruno Pôssas, engenheiro-chefe da área de busca da companhia. E isso leva ao aprimoramento e às constantes inovações na plataforma.

O Centro de Engenharia do Google para a América Latina, localizado em Belo Horizonte, anunciou novas funcionalidades para a plataforma. A jornada em tópicos relacionados (já disponível) é apenas um caminho a mais para o conhecimento aprofundado. Ao digitar um tema específico – como o nome de algum jogador da próxima Copa do Mundo, por exemplo – o usuário receberá sugestões de assuntos relacionados no topo da página. O segundo recurso, que só entrará em vigor a partir de maio, são os snnipets em destaque: respostas resumidas para perguntas frequentes, geradas por meio de algoritmos a partir de documentos da web.

Em nível global, a busca por sintomas e doenças é uma das mais frequentes na plataforma. Para sanar as dúvidas dos usuários e orientá-los a procurar um médico, o Google vem promovendo parcerias com hospitais com o objetivo de transmitir informações validadas. Aqui no Brasil, o Hospital Albert Einstein é o responsável por referendar os conteúdos e colaborar com as ilustrações.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).