Vazamento revela que Apple vai cancelar fabricação do iPhone X

Vazamento revela que Apple vai cancelar fabricação do iPhone X
A informação vem de Neil Campling, codiretor do grupo bancário e financeiro internacional Mirabaud Securities

A Apple vai reinventar a linha do iPhone no final deste ano, mas, neste momento, enfrenta uma crise preocupante, com o seu iPhone X, que um novo vazamento revela “estar morto”.

LEIA MAIS: Ações da Apple caem com notícia sobre corte de produção de iPhone X

A informação vem de Neil Campling, codiretor do grupo bancário e financeiro internacional Mirabaud Securities. Campling afirma que a Apple não irá mais produzir o iPhone X, pois ele será cancelado após apenas uma única geração. A gigante tecnológica superestimou a demanda tão mal que já fez todas as unidades necessárias até a data final.

“O iPhone X está morto”, afirma Campling em uma nota para os investidores. “E o único problema com ele é ser muito caro”, disse o executivo, que falou mais sobre o assunto em uma entrevista à CNBC. “Os consumidores não querem smartphones de preços altos.”

Analistas da indústria e pessoas que estão por dentro do negócio têm alertado sobre o chamado “superciclo” de vendas para o aniversário de 10 anos da Apple, que não vai se materializar. Atualmente, já se trabalha com a perspectiva de que os números não devem chegar ao desempenho em vendas do iPhone 7. Ming Chi-Kuo, famoso analista da KGI Securities, já havia avisado a todos, em janeiro, que o iPhone X seria cancelado.

Mas os problemas da Apple não devem ser recebidos como más notícias para os consumidores. Na verdade, é o oposto.

Esses desafios têm forçado a Apple a reinventar o iPhone e a encontrar novas maneiras de atrair clientes. A consequência, segundo outros vazamentos, deve ser a primeira linha empolgante de iPhone em anos. É provável que seja lançada uma nova variante do iPhone X, mais acessível, assim como cortes de preços para a segunda geração do iPhone X e um iPhone X Plus de 6,5 polegadas, mais barato do que o esperado.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).