Fotos

Quantum of the Seas: o navio do futuro

Se você achava que viajar pelo mar não era a maneira mais tecnológica do mundo, é melhor pensar de novo. O novo navio da Royal Caribbean, Quantum of the Seas, está redefinindo a maneira de viajar.

Lançado em novembro, o gigante tem 348 metros de comprimento, 41,5 metros de largura e possui uma velocidade de 22 nós. Além disso, tem capacidade para 4.180 passageiros com 1.500 funcionários. Veja a seguir mais detalhes da embarcação:

  • Entre os tantos diferenciais do navio, o que mais chama atenção é o Bionic Bar, que tem dois bartenders robôs. Não é só isso. Os clientes podem fazer os pedidos via tablet. Neles, é possível saber o tempo de espera e as opções do cardápio, que incluem os mais clássicos chás gelados e Cosmopolitans, até as bebidas mais diferentes como a Bionic Blast. A companhia responsável pela criação dos bartenders é a Makr Shakr. O protótipo estreou no ano passado na sede do Google em San Francisco, mas a instalação Quantum marca seu primeiro projeto comercial.

  • Mas como os robôs podem ser comparados a um bartender humano em termos de eficiência? Carlo Ratti, cofundador da Makr Shakr explicou que o valor não é necessariamente na velocidade da preparação da bebida, mas nas opções. “Eu acho que é mais sobre como podemos capacitar as pessoas para tomar decisões. Se você quiser, o robô é apenas uma extensão do seu braço, então você é o barman”.

  • Entre os dezoito restaurantes do Quantum of the Seas, estão o italiano do famoso chefe Jamie Oliver e o Wonderland (foto), que tem decoração e inspirações culinárias nada usuais inspiradas nas obras de Tim Burton.

  • Além de todas as acomodações gastronômicas, o navio também tem opção para o público mais jovem, que gosta de noites de agitação. A casa de shows Two70 é apenas uma das opções de entretenimento da viagem.

  • Depois, não deixe de experimentar uma das grandes atrações: North Star. A cápsula de vidro leva os passageiros a 90 metros acima do oceano. Durante os 15 minutos de “passeio” é possível ter uma visão de 360 graus e ele acontece tanto com o navio parado no porto, quanto durante a viagem.

  • O navio também é equipado com uma pista de corrida do lado de fora, parede de escalada, simulador de surf e o SaePlex, o maior espaço indoor de todos os navios já existentes, que inclui pista de patins e carrinho de bate bate.

  • É provável que você não queira, mas ficar conectado dentro de um navio nunca foi tão fácil. O sinal de internet do Quantum é melhor do que qualquer navio no mundo. A possibilidade de usar o Skype, por exemplo, mesmo estando em alto mar, é possível por conta da parceria da Royal Caribbean com a empresa de satélite O3b.

  • Ficar em uma sala checando e-mails de trabalho pode não ser tão ruim, já que todos os quartos têm vista para o mar. Até mesmo os 375 quartos internos possuem um display que reproduz a imagem externa em tempo real.

  • As acomodações são 9% maiores do que as de outros modelos da Royal Caribbean.

Entre os tantos diferenciais do navio, o que mais chama atenção é o Bionic Bar, que tem dois bartenders robôs. Não é só isso. Os clientes podem fazer os pedidos via tablet. Neles, é possível saber o tempo de espera e as opções do cardápio, que incluem os mais clássicos chás gelados e Cosmopolitans, até as bebidas mais diferentes como a Bionic Blast. A companhia responsável pela criação dos bartenders é a Makr Shakr. O protótipo estreou no ano passado na sede do Google em San Francisco, mas a instalação Quantum marca seu primeiro projeto comercial.

Topo