Fotos

5 tendências em tecnologia para educação em 2015

Para muitos educadores, a tecnologia se tornou uma peça-chave para as aulas e, em alguns casos, até mesmo modela a forma com que ensinam. A realidade aumentada e o ensino misto, que combina aulas presenciais com as on-line, são apenas dois exemplos de como o avanço tecnológico pode estar dentro das salas de aulas.

Veja na galeria de fotos 5 tendências em tecnologia para educação em 2015.

  • A maior disponibilidade de dados e do uso da tecnologia na sala de aula criaram novas possibilidades de personalização do ensino, como poder acompanhar o progresso do aluno em lições individuais, descobrir qual parte ele achou mais difícil e de qual gostou mais. Assim, adaptar toda a abordagem ao aluno. O feedback instantâneo é outro ponto crucial que pode ser aprimorado com a tecnologia.

  • Ainda não se sabe se o Google Glass irá para as escolas como ferramenta de ensino, mas qualquer que seja seu destino, a tecnologia que se veste – como em relógios inteligentes – parece ter um futuro promissor na educação. O potencial da realidade aumentada e uma redução nos custos poderiam colocá-los à disposição das escolas.

  • As escolas começam a ver o potencial do aprendizado on-line. Nos EUA, mais e mais programas estão sendo criados, principalmente, nas áreas de ensino superior e médio. Conforme o ambiente on-line fica cada vez mais difundido, pode-se esperar novas abordagens a este tipo de método.

  • A combinação de aulas presenciais e on-line vai ser o grande destaque de 2015. Mais e mais escolas irão, pelo menos, experimentar o metódo. Os alunos entram em contato com o conteúdo, através de vídeos ou websites, e o trabalham em projetos em grupo, enquanto o professor serve como auxílio nas áreas em que tiver mais dificuldade. A possibilidade de poder dar diferentes aulas para diferentes alunos na mesma sala de aula abre um enorme leque de opções para personalização, feedback e acompanhamento individual.

  • Graças a sites como YouTube, Tumblr, Twitter e Facebook, compartilhar algo nunca foi tão fácil. O aprendizado vai progressivamente cruzar mais barreiras enquanto os professores compartilham suas ideias e os alunos, seus trabalhos. A tecnologia é ótima para trabalhos em grupo, tanto dentro quanto fora das escolas.

A maior disponibilidade de dados e do uso da tecnologia na sala de aula criaram novas possibilidades de personalização do ensino, como poder acompanhar o progresso do aluno em lições individuais, descobrir qual parte ele achou mais difícil e de qual gostou mais. Assim, adaptar toda a abordagem ao aluno. O feedback instantâneo é outro ponto crucial que pode ser aprimorado com a tecnologia.

Topo