Fotos

13 cavernas ao redor do mundo que você pode visitar

O homem deixou as cavernas há séculos, mas continua voltando por inúmeras razões. As belíssimas estruturas naturais aguçam os interesses, alimentam a curiosidade e educam sobre um passado distante da humanidade. Os equipamentos modernos levaram a espeleologia (a ciência que estuda estas cavidades naturais) a novas profundidades. Mas a maioria das pessoas não quer arriscar suas vidas para dar uma olhadinha por dentro da Terra. Por sorte, há inúmeras cavernas seguras que você pode explorar sem nem precisar de cordas, capacetes ou lanternas. Veja na galeria de fotos 13 cavernas ao redor do mundo que você pode visitar:

  • Essa caverna possui um trilha natural que pode ser acessada apenas durante as marés cheias.

  • A Caverna da Flauta de Bambu é uma das mais iluminadas do mundo, graças à “decoração” com luzes coloridas.

  • Esta é a maior caverna do Estado de São Paulo

  • As Cavenas Jenolan são uma atração para uma semana: são 11 cavernas, um rio subterrâneo e até uma opção de tour para crianças.

  • Esta é a caverna mais complexa de se explorar. Apesar de ser um tour guiado, não existem degraus ou luz interior.

  • A Caverna Doolin tem abriga a maior estalactite do hemisfério norte, com 7 metros.

  • Esta gigantesca caverna tem um rio e quatro lagos subterrâneos.

  • Estas “estrelas” no teto da caverna são larvas que brilham no escuro.

  • Apesar de não existir nenhum tour oficial, é possível alugar um barco (quando o tempo permite) para se aproximar das formações naturais.

  • Apesar de estar no centro de uma mina de calcário, esta caverna só foi descoberta quando um buraco de 3 m² se abriu.

  • No interior das Montanhas Siskiyou está uma das raras cavernas de mármore do mundo.

  • A Caverna Howe é a segunda atração natural mais visitada dos EUA, perdendo apenas para as Cataratas do Niágara.

  • As mais famosas das mais de 150 cavernas calcarias de Bermudas, as Cavernas de Cristal foram descobertas quando um menino foi procurar uma bola que havia perdido pela área.

Essa caverna possui um trilha natural que pode ser acessada apenas durante as marés cheias.

Topo