Fotos

10 motivos para conhecer a Cidade do México

A Cidade do México é uma das cidades da América do Norte com mais forte senso de tradição cultural. O centro se mantém como sempre foi, enquanto outros bairros modernizam-se. A capital mexicana melhorou muito nos últimos anos, está mais segura e limpa.

LEIA MAIS: Por que visitar Quebec no verão

Segundo Samuel Leizorek, gerente do hotel de luxo Las Alcobas, isso tem refletido no número de turistas. “A gastronomia, arqueologia e cultura são ótimas aqui.” É um destino que não deixa a desejar a nenhuma cidade europeia.

Ainda não está impressionado? Veja na galeria de fotos dez bons motivos capital mexicana:

  • A comida de rua é deliciosa

    É mesmo tão boa quanto as pessoas falam. Estima-se que, por dia, 20 milhões de pessoas comem alguma coisa na rua na cidade. As barracas de tacos e quesadillas ficam abertas de manhã à noite. Não é preciso se preocupar, é seguro comer nas barracas, não vai causar mal a ninguém.

  • Comida mexicana

    A gastronomia local foi considerada pela Unesco patrimônio cultural da humanidade em 2010. Em todo o México, a comida é boa e cada região tem um paladar específico. Não é como a versão norte-americana da gastronomia mexicana, presentes em franquias, cheia de fritura.

  • Restaurantes premiados

    Para quem prefere luxo, há restaurantes premiados, como o Pujol e o Quintonil, que estão, respectivamente, em 16º e 35º lugar na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo da “Restaurant”. Mas outros lugares, como o Máximo Bistrot, o Sud 777, o Candela Romero e o Restaurante Nicos, também valem a pena conhecer.

  • Bons hotéis

    O La Valise, do empreendedor belga Yves Naman, no bairro Roma, é confortável e bem localizado. Naman conta que resolver abrir o La Valise na Cidade do México porque é uma das cidades mais criativas do mundo e muito rica em museus e arquitetura.

  • Marcas de Frida Kahlo e Diego Rivera por toda cidade

    Vale a pena ir à Coyaocán para conhecer a casa de Frida Kahlo. Chamada Casa Azul, o local também era seu estúdio e mostra sua personalidade apaixonada e seu caso de amor com Diego Rivera.

    O Museo Dolores Olmedo, em Xochimilco, era a casa de Rivera e, hoje, tem muitos de seus trabalhos expostos.

  • Murais incríveis

    Os artistas José Clemente Orzsco, David Alfaro Siqueiros e especialmente Diego Rivera, que viveram durante a Revolução Mexicana, foram os que mais contribuíram para os murais da cidade. É possível fazer um tour pelas pinturas.

  • Mescal

    A bebida prima da tequila ganhou espaço graças ao bar El Bosfóro. O La Fiera Mezcal é ainda melhor.

  • Coquetéis artesanais

    A Licorería Limantour começou a fazer misturas diferentes há muito tempo. O Mascal Stalk, feito com o licor Cointreau, abacaxi e suco de limão e com um pouco de sal é uma ótima pedida.

  • Museus intermináveis

    A Cidade do México não é famosa só pela comida, mas também pelos museus. Além das instituições nacionais de arte, história e arqueologia, há muitos museus privados. Como o Museo Soumaya, do bilionário Carlos Slim Helú, que tem mais de 66.000 peças de arte, e o Museo Jumex, de arte contemporânea.

  • Cenários criativos

    “Luxoso” não necessariamente significa “importado”. Os designers mexicanos usam a cultura local para fazer trabalhos incríveis. Carmen Rion trabalha com a tradição indígena há 25 anos e criou os chamados rebozos para carregar bebês. Daniel Espinosa usa técnicas centenárias para criar joias para homens e mulheres.

A comida de rua é deliciosa

É mesmo tão boa quanto as pessoas falam. Estima-se que, por dia, 20 milhões de pessoas comem alguma coisa na rua na cidade. As barracas de tacos e quesadillas ficam abertas de manhã à noite. Não é preciso se preocupar, é seguro comer nas barracas, não vai causar mal a ninguém.

Comentários
Topo