Fotos

17 fatos sobre “Os Goonies” em comemoração dos 30 anos do filme

Sonaiya Kelley 

O clássico filme dos anos 80 que conta a história de um grupo de crianças que se juntam para encontrar um navio pirata escondido em Astoria, no Estado norte-americano de Oregon, completa 30 anos. Por conta das comemorações, no último fim de semana, a cidade recebeu o festival Goonies, que promoveu tours às locações do filme, sessões, caça ao tesouro e uma reunião do elenco.

Em homenagem ao aniversário, veja na galeria de fotos 17 curiosidades pouco conhecidas sobre a produção do filme:

  • 1) O diretor Richard Donner queria uma reação autêntica das crianças quando elas vissem o navio de Willy pela primeira vez, por isso, o grupo só entrou em contato com a embarcação no momento de gravar. Ainda assim, a cena teve de ser refeita.

  • 2) O falecido John Matuszak, que interpretou Sloth, era atleta do Oakland Raiders, time da NFL, até 1981.
    Por conta disso, o ator usa uma camisa dos Raiders em um determinado ponto do filme. A camiseta do Super Homem acima é uma referência ao longa sobre o herói, dirigido por Donner em 1978.

  • 3) O modelo do navio que aparece no final do filme tem uma miniatura do R2-D2 escondida no convés.

  • 4) No material cortado do filme, havia um juramento Goonie: “Nunca vou trair meu amigo de convés Goon/ Nós vamos ficar juntos até que o mundo inteiro acabe/ Através do céu, do inferno e da guerra nuclear/ Bons amigos com nós ficarão grudados como alcatrão/ Na cidade, na floresta ou em algum lugar remoto / Eu orgulhosamente me declaro um companheiro Goonie.”

  • 5) Nas cenas dramáticas, o diretor gritava “olhos grandes!” e as crianças arregalavam os olhos para a câmera.

  • 6) O crânio de Willy Caolho é humano. Hoje ele está guardado na casa de Donner, assim como um modelo do navio pirata.

  • 7) No roteiro, o nome completo de Willy Caolho é William B. Portobell. O sobrenome é uma referência à Portobelo, um porto no Panamá que era frequentado por piratas no século 17.

  • 8) O filme contém referências a outro filme cult dos anos 80, “Gremilins”. Quando Gordo fala com a polícia ao telefone, o oficial diz: “Assim como a última brincadeira, todas essas pequenas criaturas se multiplicam quando você joga água sobre elas.”

  • 9) O filme, que levou cinco meses para ser produzido, foi gravado quase todo em sequência, um feito raro no cinema.

  • 10) Na cena em que as crianças escapam dos Fratellis e estão reunidas na praia com seus pais, alguns dos verdadeiros pais dos atores estavam presentes juntos ao elenco.

  • 11) Quando Dado cai do teto da caverna, ele grita “holy s-h-i-t!”, porque o ator prometeu à sua mãe que não falaria palavrão no filme.

  • 12) A maquiagem de Sloth demorou cerca de cinco horas para ser criada e o olho era operado por controle remoto. Seu rosto não podia molhar porque a água provocaria um mau funcionamento da engrenagem, o que aconteceu várias vezes durante as cenas no navio pirata.

  • 13) No final do filme, quando Dado descreve o que aconteceu para a polícia e para a imprensa, ele diz: “A parte mais assustadora foi o polvo!”. Mas essa cena foi cortada. Havia uma música dedicada para essa cena, chamada “8 Arms to Hold You”, do Esquadrão Goon. Ela foi substituída pela conhecida “The Goonies ‘R’ Good Enough”, de Cyndi Lauper.

  • 14) Jeff Cohen, que interpretou Gordo, estava tão comprometido com seu trabalho que apareceu nos estúdios, mesmo com catapora.

  • 15) Sean Astin, que interpretou Mikey, ficou com o mapa do filme como recordação

  • 16) Havia tantas regravações que os atores não chegavam a ver seus scripts até a hora de gravar.

  • 17) O diretor e o elenco desceram pelo escorregador de água gigante no final das gravações. Mais de 900.000 galões de água foram usados no filme.

1) O diretor Richard Donner queria uma reação autêntica das crianças quando elas vissem o navio de Willy pela primeira vez, por isso, o grupo só entrou em contato com a embarcação no momento de gravar. Ainda assim, a cena teve de ser refeita.

 

Comentários
Topo