Fotos

5 maneiras de fazer o bem sem gastar dinheiro

Doar dinheiro para uma causa social é uma forma de fazer o bem, mas não é a única. Enquanto o dinheiro doado realmente faz diferença para as organizações de caridade, há outras formas de ajudar sem gastar e ainda causar um impacto tão positivo quanto, ou ainda maior.

Veja na galeria de fotos 5 ideias de como ajudar sem mexer na sua conta bancária.

  • Doe a voz para quem não tem
    Um site chamado VocaliD (https://www.vocalid.co/) reúne vozes de doadores para quem não pode falar. Os voluntários gravam suas vozes por 3 ou 4 horas e essa gravação é armazenada até ser cruzada com alguém que precisa. Uma ferramenta então combina a gravação com sons do receptor para criar uma nova voz. A tecnologia ganhou o prêmio SXSW de Inovação Interativa na área de Medicina e Biotecnologia.

  • Levante dinheiro enquanto navega na internet
    Uma companhia se aproveita do número de guias que as pessoas deixam abertas enquanto navegam na internet. A Tab for a Cause substitui a tela de uma nova guia com uma página que levanta dinheiro através de publicidade. Um usuário de longa data consegue até escolher para onde o dinheiro de suas guias é destinado. A extensão já levantou mais de US$ 130.000 desde agosto de 2011.

  • Doe roupas para jovens transgêneros
    Jovens que passam pela transição de gênero geralmente estão desesperado por um novo guarda-roupa. E roupas pode ser um gasto impossível depois de tantas despesas médicas. Algumas fundações oferecem a possibilidade de trocar e doar peças para essas pessoas através da internet ou até em centros de arrecadação

  • Distribua arroz ao estudar para o vestibular
    O site Freerice, fundado em 2007, oferece uma série de perguntas para o usuário e, a cada resposta certa, a organização doa dez grãos de arroz para uma pessoa necessitada. As primeiras questões disponíveis eram apenas sobre vocabulário, mas já é possível se arriscar em outros temas, como química. O site é destinado para alunos que estão se preparando para o SAT, um tipo de vestibular norte-americano. O site já doou mais de 300 bilhões de grãos desde que foi lançado.

  • Não ignore desabrigados na rua
    É comum sentir culpa ao ignorar um desabrigado que pede dinheiro na rua. Se não for possível doar dinheiro, não é necessário ignorar. Uma frase simpática como “Gostaria de poder ajudar” já auxilia no reconhecimento da humanidade presente no desabrigado.

Doe a voz para quem não tem
Um site chamado VocaliD (https://www.vocalid.co/) reúne vozes de doadores para quem não pode falar. Os voluntários gravam suas vozes por 3 ou 4 horas e essa gravação é armazenada até ser cruzada com alguém que precisa. Uma ferramenta então combina a gravação com sons do receptor para criar uma nova voz. A tecnologia ganhou o prêmio SXSW de Inovação Interativa na área de Medicina e Biotecnologia.

Comentários
Topo