Fotos

9 melhores lugares no mundo para alugar bicicletas

A cidade de Nova York ganhou um presente no final de maio: por todo o estado, foram instaladas 330 estações de aluguel de bicicletas. As Citi Bikes são patrocinadas pelo Citigroup, uma iniciativa similar a que acontece em diversos estados brasileiros com apoio do Itaú e do Bradesco.

LEIA MAIS: Ford cria bicicleta elétrica que se conecta a smartphone

Mas o sistema de aluguel de bikes não é novidade. O recurso, assim como as ciclovias, é popular pelo mundo, especialmente em países nos quais a população as usa como meio de transporte.

Veja quais são os lugares que já disponibilizam bicicletas para seus residentes:

  • Paris, França

    As bicicletas Velib estão disponíveis para os parisienses desde julho de 2007. A cidade tem mais de 20.000 bikes e 1.800 estações, é o maior sistema de compartilhamento de bicicletas do mundo. O patrocínio é do Paris Town Hall e do grupo de propaganda JC Decaux. De acordo com especialistas, as parcerias público-privadas são o melhor modelo para que as bikes pelas cidades deem certo.

  • Londres, Inglaterra

    Em operação desde 2010, o programa foi apelidado de Boris Bikes, por causa do prefeito da cidade, o maior incentivador da implementação das bicicletas para diminuir o trânsito e tornar Londres mais sustentável. São 6.000 bikes e 400 estações – entre elas estão a do British Museum e do Buckinham Palace. O príncipe William e a duquesa Catherina costumam usar suas magrelas pela cidade.

  • Montreal, Canadá

    Apesar de ficar coberta pela neve durante algumas semanas no ano, Montreal é um local muito recomendado para quem gosta de andar de bicicleta. O programa Bixi (bike + táxi), em vigor desde 2009, adicionou novas estações e bicicletas as que já existiam e agora são 400 postos com 5.000 bikes.

  • Amsterdã, Holanda

    A cidade é conhecida mundialmente pelo uso do transporte alternativo e pelo cuidado que se deve tomar para não ser atropelado por um ciclista. Há mais bicicletas que pessoas em Amsterdã. As bikes são tão populares na cidade que, quando o governo proibiu a passagem delas pelo túnel Rijksmuseum, o museu nacional da Holanda, a população não aceitou e a decisão foi revogada.

  • Chattanoogan, Estados Unidos

    A cidade no Tennessee surpreende por seu sistema de bicicletas, que se iguala a grandes metrópoles do mundo. As pessoas podem alugar umas das 300 bikes e usá-las por uma hora.

  • Universidade de Stanford, Estados Unidos

    O campus Palo Alto tem 20.000 estudantes e 15.000 bicicletas. Agora, quem for visitar a universidade pode ver diversos alunos usando bikes para se locomover. Stanford tem até seu próprio coordenador de bicicletas.

  • San Francisco, Estados Unidos

    Para todo lugar onde se olha em San Francisco há bicicletas para alugar. As bikes dobraram e os usuários já somam 12.000.

  • Portland, Estados Unidos

    Localizada no estado do Oregon, a cidade tem muitas pessoas que adotaram as bikes como meio de transporte. Além das bicicletas para alugar, há muitas para vender e serviços de tours sobre duas rodas. Até a polícia usa o transporte alternativo em algumas situações, como o acompanhamento de protestos.

  • Boston, Estados Unidos

    O Hubway, sistema de bikes compartilhadas na cidade, tem 1.000 bikes em 100 estações. O projeto vende adesões por mês ou por ano e os inscritos podem usar as bicicletas por uma hora. Novas estações serão instaladas nos subúrbios.

Paris, França

As bicicletas Velib estão disponíveis para os parisienses desde julho de 2007. A cidade tem mais de 20.000 bikes e 1.800 estações, é o maior sistema de compartilhamento de bicicletas do mundo. O patrocínio é do Paris Town Hall e do grupo de propaganda JC Decaux. De acordo com especialistas, as parcerias público-privadas são o melhor modelo para que as bikes pelas cidades deem certo.

Comentários
Topo