Fotos

Leobo: o safári mais luxuoso da África do Sul

A reserva particular de Leobo, em Waterberg, na África do Sul, traz um toque de luxo para a aventura na selva. Propriedade privada de uma família inglesa, o local foi aberto ao público recentemente.

Tudo por lá é exclusivo: durante a estadia, o visitante não compartilha o local com nenhum outro hóspede.


Ranking: 11 HOTÉIS DE LUXO MAIS CAROS DO MUNDO

Os preços do Leobo começam em US$ 9.057 (por volta de R$ 27.850) por noite em toda a propriedade – incluindo a casa principal e acomodações separadas. Caso prefira apenas uma das opções, é possível pagar US$ 4.528 (R$ 14.000) pela primeira e US$ 3.293 (R$ 10.120) pela segunda.

Veja na galeria de fotos mais detalhes do local:

  • O objetivo original do projeto era construir pequenas cabanas, mas, depois de contratar arquitetos como Silvio Rech e Lesley Carstens, os planos sofreram alterações. A casa de 1.000 m², terminada em 2012, ganhou o prêmio de Melhor Casa de Safari na África no Safari Awards do ano passado.


  • Com mais de 80.000 m², a reserva funciona como um “playground” para adultos onde é possível até mesmo brincar de cabo-de-guerra com Stevie, o crocodilo.

  • Outras atrações incluem um voo de avião sobre girafas, rinocerontes, zebras, búfalos e hipopótamos e um passeio de helicóptero pelas montanhas.

  • Piscinas e terraços privativos são as características da arquitetura peculiar do local, que mistura os tradicionais vilarejos africanos à modernidade.

  • Depois do jantar, os visitantes são convidados a vestir roupas espaciais na biblioteca e subir uma escada de metal. O domo, então, é aberto e um telescópio de alta potência mostra o céu estrelado. O astrônomo Philip Calcott, que acompanha a atividade, fornece informações sobre as constelações.

O objetivo original do projeto era construir pequenas cabanas, mas, depois de contratar arquitetos como Silvio Rech e Lesley Carstens, os planos sofreram alterações. A casa de 1.000 m², terminada em 2012, ganhou o prêmio de Melhor Casa de Safari na África no Safari Awards do ano passado.


Comentários
Topo