Fotos

6 destinos imperdíveis para fãs de livros

Um leitor engajado é aquele que deixa sua mente levá-lo para terras distantesassim que vira uma página. No entanto, para alguns, ler uma história incrível não é o suficiente: é preciso vivê-la também.

LISTA: 20 Destinos mais caros do mundo

Desde as paisagens de pastos verdes da Nova Zelândia até o Monte Everest, alguns destinos ao redor do mundo serviram de ambientação para grandes aventuras literárias. Veja na galeria de fotos seis viagens para quem quer viver uma história digna de um livro:

  • Monte Everest – “No Ar Rarefeito”, de Jon Krakauer

    Essa viagem não é indicada para qualquer um. O livro conta a história de um desastre, que aconteceu em maio de 1966, no qual dois guias de Krakauer, jornalista da revista “Outside”, morreram em uma expedição, no mesmo dia, enquanto tentavam escalar o Monte Everest.

    Muitos aventureiros corajosos continuam a escalar a montanha. Apesar do risco, a experiência pode mudar a vida de qualquer um.

  • Nova Zelândia – “O Hobbit”, de J. R. R. Tolkien

    Muitos viciados em livros concordam que as histórias de Tolkien são as melhores aventuras de todos os tempos. Enquanto uma jornada pela Terra Média ou uma visita ao Condado não são possíveis, uma viagem para Nova Zelândia (onde “O Hobbit” foi filmado) é a melhor opção.

    A região de Waikato é um ótimo local para se conhecer, sozinho ou acompanhado, com oportunidades de escalar, andar de bicicleta e passear na beira de rios. Um pouco mais ao norte está Auckland, uma cidade com praias e ilhas. Ao sul é possível visitar as cavernas de Waitomo. Existe, ainda, a possibilidade de fazer o tour das gravações do filme, o “Hobbiton”.

  • França, Itália e o Mediterrâneo – “O Conde de Monte Cristo”, de Alexandre Dumas

    A história de Edmond Dantès é bem conhecida e se passa na França, Itália e Mediterrâneo, no século 19. Dantès fica preso por seis anos antes de escapar e adotar a nova identidade como um conde rico.

    Em Paris, é possível encontrar diversos locais que são significativos no livro, como a Igreja do Santo Suplício. Na Itália, é possível ver a ilha onde o personagem foi aprisionado, a “Chateao d’If”. Alguns poucos podem chegar até à própria ilha de Monte Cristo, mas a lista de espera é longa, já que apenas mil visitantes são aceitos por ano.

  • Monte Roraima, América do Sul – “O Mundo Perdido”, de Arthur Conan Doyle

    Em 1912, quando o livro foi lançado, exploradores tinham apenas começado adesvendar partes remotas do mundo. Essa história mística imaginada pelo escritor britânico poderia parecer plausível. Nela, um grupo de aventureiros europeus vão até a América do Sul onde se deparam com dinossauros.

    A montanha que eles exploram fica nas fronteiras da Venezuela, Brasil e Guiana. Se for escalado, o Monte Roraima oferece paisagens incríveis.

  • Trilha dos Apalaches, Estados Unidos – “Crônicas de Uma Pequena Ilha”, de Bill Bryson

    Bill Bryson percorreu com um amigo os 3.380 quilômetros da Trilha dos Apalaches – trecho que vai do norte do estado da Georgia até o Monte Katahdin,no Maine, nos Estados Unidos – em um verdadeiro mergulho na natureza. Para leitores que procuram uma experiência que mude suas vidas, essa aventura, que pode durar dias ou meses, é uma ótima opção.

  • Ilha de Robinson Crusoé, Chile – “Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe

Monte Everest – “No Ar Rarefeito”, de Jon Krakauer

Essa viagem não é indicada para qualquer um. O livro conta a história de um desastre, que aconteceu em maio de 1966, no qual dois guias de Krakauer, jornalista da revista “Outside”, morreram em uma expedição, no mesmo dia, enquanto tentavam escalar o Monte Everest.

Muitos aventureiros corajosos continuam a escalar a montanha. Apesar do risco, a experiência pode mudar a vida de qualquer um.

Comentários
Topo