Fotos

11 razões para conhecer Hong Kong

Hong Kong é um local vibrante, com  tanta energia que, às vezes, fica difícil acompanhar o ritmo. O território é muito conhecido por combinar a cultura chinesacom atrações ocidentais, como a Disney e o hotel The Peninsula – aspecto que torna a cultura local ainda mais interessante para os turistas –, além de ser independente.

FOTOS: Riviera Suíça: a melhor região de vinhos que você nunca ouviu falar

Como o transporte público local é eficiente, é fácil se locomover e conhecer todas as atrações turísticas. Em Hong Kong há trilhas e lugares altos que valem a pena a visita pela vista, mas há, também, shoppings enormes em que é muito fácil se perder.

Veja na galeria de fotos 11 motivos para conhecer Hong Kong:

  • Passeio para Peak, Aberdeen e Stanley Market

    O passeio é muito turístico e um dos mais populares, mas imperdível. Em Peak, a vista de Hong Kong é linda e vale a pena parar em The Repulse Bay para comer no The Spices e fazer compras no The Pulse. Também não pode faltar o “Symphony of Lights”, show de luzes realizado diariamente, às 20h.

    Aberdeen é a comunidade de pescadoresmais antiga de Hong Kong. Algumas famílias ainda vivem em barcos. Vale a pena ir para lá para comer as melhores comidas chinesas da região, no Jumbo Floating Restaurant.

    No Stanley Market é possível encontrar roupas, acessórios e mobílias de diversas marcas conhecidas. É o mercado mais popular da cidade.

  • Porco e aves grelhadas

    Quem for a Hong Kong não pode deixar de provar o prato de porco e aves grelhadas, típico dos restaurantes chineses-americanos da região. Apesar de aparência não ser tão boa quando o gosto, o prato é delicioso.

  • Trilha “Dragon’s Back”

    É uma das caminhadas mais populares do território e quase todo conseguem aguentá-la, mesmo os amadores. A melhor parte de “Dragon’s Back” é que é fácil de chegar: é só pegar o metrô para Chai Wan e começar a andar. A trilha dura uma ou duas horas e o caminho tem vista para toda a ilha.

  • Harbour City

    Esse é o melhor lugar para fazer compras em Hong Kong. No shopping é possível achar produtos para todas as idades, tanto de marcas nacionais quanto internacionais. Como ele é muito grande, é melhor ter um mapa para não se perder.

  • Shanghai Street

    Ir a Shanghai Street é bom para conhecer a cultura local. A rua é uma das maiores da região de Kowloon e sua construção levou mais de 100 anos. Por causa das baladas, teatros e prostíbulos, há muito tempo o localganhou fama de ser obsceno – reputação que permanece até os dias de hoje.

  • Ocean Park e Disneyland

  • Feng Shui e previsão do futuro

    Em Hong Kong o feng shui é algo sério. Essa tradição cultural tem como objetivopromover a conexão com a terra e, lá, muitas pessoas acreditam que um bom feng shui atrai prosperidade e afasta o azar. A cidade também é o berço dos videntes e há muitos deles pelas ruas, cada um com um método diferente de prever o futuro.

  • The Bank of China Tower

    Para quem gosta de arquitetura, o prédio é parada obrigatória. Em forma de prisma, o edifício é assimétrico, tem 367,4 m de altura e é uma das marcas registradas do horizonte de Hong Kong. Vale a pena ir ao 43º andar para conhecer a vista.

  • Restaurante Gaddi

    O restaurante é um dos mais luxuosos da cidade e fica no hotel The Peninsula. Foi o primeiro estabelecimento francês na região e é muito conhecido por seus vinhos e sobremesas. Os almoços são descontraídos, mas os jantares são para ocasiões mais formais.

  • Felix
    Assim como o Gaddi, o bar é bastante sofisticado e fica no mesmo local: The Peninsula. Ele está localizado no 28º andar do hotel e tem uma vista linda da cidade. Apesar de ser um bar, o cardápio,disponíveis em iPads, tem ótimas opções de jantar.

  • The Museum of History

    O museu apresenta uma exposição permanente sobre a história de Hong Kong, que tem mais de 3.700 peças, 750 painéis gráficos e programas multimídia com recursos audiovisuais que ajudam os visitantes a conhecerem e entenderem melhor os 400 milhões de anos de história da região.

Passeio para Peak, Aberdeen e Stanley Market

O passeio é muito turístico e um dos mais populares, mas imperdível. Em Peak, a vista de Hong Kong é linda e vale a pena parar em The Repulse Bay para comer no The Spices e fazer compras no The Pulse. Também não pode faltar o “Symphony of Lights”, show de luzes realizado diariamente, às 20h.

Aberdeen é a comunidade de pescadoresmais antiga de Hong Kong. Algumas famílias ainda vivem em barcos. Vale a pena ir para lá para comer as melhores comidas chinesas da região, no Jumbo Floating Restaurant.

No Stanley Market é possível encontrar roupas, acessórios e mobílias de diversas marcas conhecidas. É o mercado mais popular da cidade.

Comentários
Topo