Fotos

13 destinos turísticos para quem é apaixonado por arte

Quando está prestes a visitar uma nova região, você prioriza conhecer os shoppings, restaurantes e bares do lugar? Ou monta uma roteiro que dê preferência aos melhores museus, galerias e teatros da região?

VEJA TAMBÉM: 10 destinos mais procurados do mundo

Se você se encaixa no perfil de viajantes que estão sempre em busca de passeios artísticos para saber mais sobre a beleza histórica e cultural de uma cidade, então esses 13 destinos precisam entrar na lista das suas próximas férias:

  • Florença, Itália

    O que conhecer

    Todo grande apreciador de arte deve fazer uma parada obrigatória na famosa Galleria dell’Accademia, importante museu de Florença dedicado à preservação de um admirável conjunto de obras góticas do final do século 19. Mas, além dele, a cidade também oferece espaços artísticos não tão conhecidos, com obras igualmente impressionantes, como o Palazzo Pitti, grande palácio renascentista da região, o Museu Dell’Opera del Duomo, dedicado a recolher e preservar obras de arte europeias, e o Museo Salvatore Ferragamo, inspirado nas coleções do conhecido designer de sapatos que dá nome ao museu.

    Onde se hospedar: Four Seasons Hotel Florence.

    A hospedagem se trata de um hotel luxuoso que, no passado, serviu como palácio e convento renascentista e possui um dos maiores jardins particulares da cidade, rodeado por edifícios históricos.

  • Nova York, Estados Unidos

    O que conhecer

    Se você gosta de arte contemporânea, o Whitney Museum of American Art é o lugar certo para você visitar. A coleção permanente possui mais de 19.000 obras de arte que, geralmente, são de artistas jovens e contemporâneos de todas as partes do mundo.

    Onde se hospedar: The Jade Hotel Greenwich Village.

    O hotel, com acomodações de decoração elegante, inspirada na década de 1920, é a melhor opção de hospedagem para quem busca estar perto de pontos importantes da cidade, como a Avenida Time Square, o Campus da Universidade de Nova York e o Parque High Line. Além disso, a hospedagem está próxima das galerias de arte Whitney e Chelsea, que oferecem boas opções para os apreciadores de arte decorativa.

  • Colorado Springs, Estados Unidos

    O que conhecer

    O Colorado Springs Fine Arts, no centro de Colorado Springs, é considerado um verdadeiro tesouro artístico e cultural pelos visitantes por abrigar um museu com mais de 20.000 obras artísticas, um espaço para apresentações de peças teatrais e escolas de artes visuais e cênicas.

    Onde se hospedar: The Boadmoor.

    Além de sua avaliação 5 estrelas, o hotel resort é a opção ideal para qualquer pessoa que se interesse por arte. Isso porque odono da hospedagem é Philip Anschutz, grande colecionador de obras ocidentais, que expõe grande parte de suas aquisições pelas paredes do hotel. Além disso, o lugar é conhecido por oferecer aulas de fotografia, pintura e desenho aos seus hóspedes e visitantes.

  • Tacoma, Estados Unidos

    O que conhecer

    A cidade de Tacoma, em Washington, traz como importante ponto turístico o Museum of Glass (Museu de Vidro, em tradução livre), recomendado especialmente aos apreciadores de arte contemporânea.

    O lugar tem como objetivo proporcionar um ambiente dinâmico de aprendizagem por meio de experiências criativas, coleções e exposições, com grande parte de suas obras feitas a partir do vidro.

    Onde se hospedar: Hotel Murano.

    Com uma arquitetura moderna, o hotel, situado no centro de Tacoma, possui corredores repletos de obras de arte internacionais e fica próximo a alguns dos melhores pontos turísticos da cidade, como o Dash Point State Park, o Tacoma Nature Center e o Museum of Glass.

  • San Francisco, Estados Unidos

    O que conhecer

    Apesar de seu espaço de exposições permanentes estar fechado até 2016 para um novo projeto de expansão, o San Francisco Museum of Modern Art (SFMOMA) ainda apresenta exposições temporárias em suas galerias de paredes de vidro e em seu terraço repleto de esculturas modernistas.

    Onde se hospedar: The St. Regis San Francisco.

    Ao lado do SFMOMA, o luxuoso hotel transformou um edifício histórico de San Francisco em um arranha-céus de 40 andares que, além de todas as suas acomodações e espaços de lazer, é onde se hospeda o Museu da Diáspora Africana.

  • Santa Fé, Estados Unidos

    O que conhecer

    Localizada no Novo México, a cidade de Santa Fé é conhecida por suas atrações artísticas e culturais. O Georgia O’Keeffe Museum, apesar do seu tamanho pequeno, é um dos museus mais impressionantes da cidade, dedicado à pintora modernista Georgia O’Keeff, com quadros, fotografias e exposições da artista inspiradas em suas expedições pela natureza do Arizona.

    Onde se hospedar: The Inn of the Five Graces.

    Localizado do centro de Santa Fé, o hotel é conhecido pelo seu impressionante design oriental e fica muito próximo a pontos históricos da cidade, como o Palácio dos Governadores, o Museu de Arte Popular Internacional e o Museu das Artes e Cultura Indígena.

  • Hampton, Estados Unidos

    O que conhecer

    Conhecida por suas vilas de luxo, em Nova York, a pequena região de Hampton abriga o Dan Flavin Art Institute, pequeno museu de arte famoso por suas instalações, pinturas e esculturas de estilo minimalista, muito recomendado para quem busca conhecer os diferentes tipos de obras inspiradas pelo antigo artista norte-americano Dan Flavin.

    Onde se hospedar: Topping Rose House.

    A luxuosa mansão construída em 1842 abriu como uma hospedagem que mantém suas características históricas, graças à suapreservada arquitetura de design grego. Além disso, está localizada a algumas quadras do importante teatro de Bay Street.

  • Paris, França

    O que conhecer

    No topo da lista de lugares para se conhecer estão os museus Louvre, Centre Pompidou e Musée d’ Art Moderne, que concentram as maiores coleções de arte histórica, moderna e contemporânea do mundo, com peças de renomados artistas dos séculos passados como Michelangelo e Leonardo da Vinci.

    Onde se hospedar: Le Meurice Donchestes Collection.

    O hotel, conhecido como a hospedagem francesa preferida de Salvador Dalí, famoso pintor catalão, possui acomodações de decoração clássica e está localizado no centro de Paris, próximo ao Museu do Louvre e da luxuosa Avenida Champs-Elysées.

  • Bentonville, Estados Unidos

    O que conhecer

    Recomendado especialmente aos apreciadores da arte tradicional norte-americana, o Museu Crystal Bridges, localizado na pequena cidade de Bentoviile, no Estado do Arkansas, carrega 500 anos de arte espalhados por suas áreas internas e externas, com obras de renomados artistas como Asher B. Durand e Andy Warhol.

    Onde se hospedar:Pratt Place Inn and Barn.

    Localizado em um enorme espaço natural de pastos e gramados, esse luxuoso hotel possui uma decoração clássica com móveis e detalhes inspirados na França do século 18.

  • Bancoque, Tailândia

    O que conhecer

    Apesar de sua recente presença no cenário de arte nacional do país, o Museu de Arte Contemporânea de Bancoque tornou-se referência de espaço artístico, com obras de estilo tradicional, moderno e surrealista com temas relacionados ao budismo e à cultura nacional da região.

    Onde se hospedar: Mandarin Oriental Bangkok.

    Poucos lugares no mundo possuem tanta história como o hotel Mondarin Oriental, pois ele é a primeira hospedagem de luxo construída na Tailândia e um dos mais antigos da Ásia, que, há mais de um século, mantém um atendimento de primeira classe, refletido no espaço e serviços que o lugar oferece.

  • Seattle, Estados Unidos

    O que conhecer

    Uma parada obrigatória para os visitantes da cidade é o Seattle Art Museum (SAM), museu em Washington que reúne 71 obras clássicas de renomados artistas do cenário mundial, como Monet, Ronoir, Cézanne, Degas e Van Gogh.

    Onde se hospedar: Four Season Hotel Seattle.

    Mesmo estando ao lado do SAM, a hospedagem cinco estrelas possui seus próprios corredores repletos de obras norte-americanas de artistas como Mark Tobey, Alden Mason e Margaret Tomkins.

  • Chicago, Estados Unidos

    O que conhecer

    Para os amantes da arte impressionista, o Art Institute of Chicago (AIC) é o lugar perfeito para conhecer. Considerado o segundo maior museu dos Estados Unidos, possui diversas coleções com obras de artistas asiáticos, europeus e norte-americanos.

    Onde se hospedar: The Langham.

    Como o único hotel projetado por Mies Van Der Rohe, um dos principais arquitetos do século 20, a hospedagem, localizada no centro de Chicago, manteve ao longo dos anos um estilo artístico único, por suas coleções de obras modernas de artistas consagrados como Claes Oldenburg, Judy Ledgerwood e Anish Kapoor.

  • Toronto, Canadá

    O que conhecer

    Apesar de Toronto possuir diversos museus, a Art Gallery of Ontario é o que realmente chama a atenção dos apreciadores de arte locais e visitantes. Isso porque o lugar traz uma coleção de mais de 80.000 obras e possui uma dimensão de 45.000 m², o que o torna a maior galeria de arte da América do Norte. Entre suas peças estão trabalhos com vidros esculpidos do arquiteto Frank Gehry e de muitos outros artistas internacionais.

    Onde se hospedar: Soho Metropolitan Hotel.

    Com uma decoração feita com vidros coloridos, o hotel, de design moderno e chamativo, possui acomodações que ostentam aspectos da arte contemporânea.

Florença, Itália

O que conhecer

Todo grande apreciador de arte deve fazer uma parada obrigatória na famosa Galleria dell’Accademia, importante museu de Florença dedicado à preservação de um admirável conjunto de obras góticas do final do século 19. Mas, além dele, a cidade também oferece espaços artísticos não tão conhecidos, com obras igualmente impressionantes, como o Palazzo Pitti, grande palácio renascentista da região, o Museu Dell’Opera del Duomo, dedicado a recolher e preservar obras de arte europeias, e o Museo Salvatore Ferragamo, inspirado nas coleções do conhecido designer de sapatos que dá nome ao museu.

Onde se hospedar: Four Seasons Hotel Florence.

A hospedagem se trata de um hotel luxuoso que, no passado, serviu como palácio e convento renascentista e possui um dos maiores jardins particulares da cidade, rodeado por edifícios históricos.

Comentários
Topo