Fotos

3 costumes de viciados no trabalho (e como acabar com eles)

O cansaço não vem do nada. Normalmente, exaustão e ineficiência são resultados de acumulo de muitas tarefas e pouco descanso. Demora algum tempo para perceber que se chegou a esse estágio, mas eventualmente a pessoa acordará tão cansada que a conclusão só pode ser: tem algo de errado na sua rotina. Muitas vezes o problema é o trabalho e o quanto a pessoa se dedica a ele.

MAIS: Como contar a pessoas próximas que você foi demitido

Ter projetos demais, não se sentir valorizado ou não ser recompensado da maneira que queria são motivos comuns para se sentir exausto e, muitas vezes, é difícil solucionar problemas assim. No entanto, há algumas práticas que os funcionários adotam para mostrar eficiência, mas acabam por prejudicar sua vida pessoal e sua saúde física e mental.

Veja três sinais de que se está viciado no trabalho e como parar:

  • Checar e-mails o tempo todo

    Com o celular perto o tempo todo, é difícil deixar o trabalho de lado. Estudos feitos pela Associação Americana de Psicologia mostram que a pressão para responder rápido essas mensagens gera altos níveis de estresse e piora o sono. Continuar o trabalho fora do escritório pode ser uma forma de se mostrar responsável, mas é, também, acumular tarefas que seus colegas não têm. Quase sempre é possível responder no dia seguinte, no horário de expediente.

    Para parar de olhar e-mails a toda hora, é preciso ter autocontrole. Para não ficar tão tentado a olhar sua caixa de entrada, desative as notificações para que as mensagens não façam o celular apitar nem apareçam na tela. Outra saída é baixar o aplicativo Inbox Pause. Com ele, todos os e-mails ficam em espera, até que você desative o app.

  • Trabalhar durante o almoço

    Alguns funcionários acham que almoçar na mesa é uma boa ideia porque, assim, é possível usar melhor o tempo e trabalhar mais. No entanto, ficar no computador durante o horário que deveria ser dedicado a comer não faz bem para a saúde física e mental das pessoas. Além disso, ficar na mesa no almoço incentiva a comer mais. É bom levantar, dar uma volta e fazer o sangue circular mais.

    Tente sair para almoçar, no mínimo, uma ou duas vezes por semana. Marque de ir com alguns colegas para conversar, assim, quando chegar a hora do almoço fica mais difícil de resolver pedir comida e ficar sentado na frente do computador.

  • Não dedicar tempo para si mesmo

    Olhe seu calendário e veja se há compromissos que não tem nada a ver com o trabalho, só com você mesmo. Se todos os horários da sua agenda forem dedicados a reuniões e terminar tarefas profissionais, há algo errado. É essencial dedicar algum tempo para relaxar. Comece a marcar no calendário momentos para si mesmo. Procure atividades que ajudem a acalmar a mente, desde escrever até sair para tomar um café com amigos.

Checar e-mails o tempo todo

Com o celular perto o tempo todo, é difícil deixar o trabalho de lado. Estudos feitos pela Associação Americana de Psicologia mostram que a pressão para responder rápido essas mensagens gera altos níveis de estresse e piora o sono. Continuar o trabalho fora do escritório pode ser uma forma de se mostrar responsável, mas é, também, acumular tarefas que seus colegas não têm. Quase sempre é possível responder no dia seguinte, no horário de expediente.

Para parar de olhar e-mails a toda hora, é preciso ter autocontrole. Para não ficar tão tentado a olhar sua caixa de entrada, desative as notificações para que as mensagens não façam o celular apitar nem apareçam na tela. Outra saída é baixar o aplicativo Inbox Pause. Com ele, todos os e-mails ficam em espera, até que você desative o app.

 

Comentários
Topo