Fotos

4 ocupações novas para ganhar dinheiro

Não importa se um funcionário é bom ou muito bom, sempre há chances de ser demitido. Quando isso acontece, a pessoa fica perdida, sem saber o que fazer e fica ansiosa e estressada, além de, em muitos casos, depressiva. É uma tendência que os trabalhos sejam terceirizados: se o trabalho pode ser feito por alguém ou algo que cobre menos, a empresa preferirá essa opção. Não é pessoal.

MAIS DICAS: 6 dicas sobre liderança do bilionário Richard Branson

O mercado de trabalho mudou e é preciso se adaptar. Cada vez menos os funcionários consegue suprir a demanda de tempo de trabalho e a terceirização é uma tendência forte. Por isso, é importante estar preparado para mudar de emprego a qualquer momento.

Carreiras alternativas podem ser boas opções ou, pelo menos, um bom quebra galho enquanto não se encontra outro trabalho. Para trabalhar com esses empregos diferentes não necessariamente é preciso deixar seu trabalho atual, mas estar preparado ajuda em momentos difíceis.

Veja na galeria de fotos algumas ideias diferentes de como ganhar dinheiro, sem precisar de habilidades específicas:

  • Operar drone

    Comprar um drone pode ser um investimento de algumas maneiras diferentes: caso a pessoa leve jeito para fotografia ou edição de vídeos, é uma boa ferramenta de trabalho e pode render dinheiro extra. Outra fonte de renda pode ser o aluguel do drone. Algumas pessoas precisam apenas uma vez e, para elas, não vale a pena comprar.

    Além disso, esses dispositivos voadores são cada vez mais populares e, provavelmente, empresas que os têm precisarão de operadores. Talvez investir em um curso para isso seja uma boa ideia.

  • Ser motorista Uber

    Apesar das polêmicas que o aplicativo tem gerado no Brasil, cada vez mais pessoas usufruem desse serviço. É só ter um carro apropriado e se aplicar para a vaga. Para complementar a renda de motorista, a dica é entrar nos negócio de varejo e usar o carro para fazer entregas.

  • Cuidar do aluguel de casas no Airbnb

    Esse site oferece a possibilidade de alugar casas, apartamentos ou apenas um quarto em diversos lugares do mundo. Em constante crescimento, o Airbnb está presente em em 30.000 cidades e 190 países. Em Manhattan, por exemplo, há mais quartos para serem alugados pelo site do que quartos de hotel.

    Disponibilizar sua casa é uma boa fonte de renda, mas é trabalhoso: é preciso tirar fotos, descrever todo o espaço, falar com quem quer alugar, deixar todo o espaço limpo antes de a pessoa chegar, encontra-la para dar as chaves e mais. Muitas pessoas tem preguiça de realizar todo esse processo e deixam de alugar suas casas. Uma possibilidade é se oferecer para cuidar dessas burocracias. É preciso entrar em contato com o dono e combinar uma porcentagem a ser cobrada.

  • Cuidar de mídias sociais

    Ande por ruas comerciais da sua cidade e preste atenção nas lojas, anote os nomes e vá atrás delas para descobrir se elas têm páginas e contas em redes sociais. Se a resposta for não, se ofereça para criar uma e a administrar. Se a pessoa tiver conhecimentos de como fazer sites, proponha também criar um. Esse é um negócio que pode crescer e virar algo maior, talvez até um emprego definitivo.

Operar drone

Comprar um drone pode ser um investimento de algumas maneiras diferentes: caso a pessoa leve jeito para fotografia ou edição de vídeos, é uma boa ferramenta de trabalho e pode render dinheiro extra. Outra fonte de renda pode ser o aluguel do drone. Algumas pessoas precisam apenas uma vez e, para elas, não vale a pena comprar.

Além disso, esses dispositivos voadores são cada vez mais populares e, provavelmente, empresas que os têm precisarão de operadores. Talvez investir em um curso para isso seja uma boa ideia.

Comentários
Topo