Fotos

Como descobrir o que você faz de errado ao procurar emprego

Se você sabe que é um bom profissional e tem experiência na área em que atua, mas por algum motivo está tendo dificuldade em encontrar alguém que queira te contratar, talvez isso signifique que você não esteja tão preparado quanto imagina.

Com a atual competitividade do mercado de trabalho, cada detalhe importa na hora do processo de seleção.

CARREIRA: Como procurar um novo trabalho enquanto se está empregado

Portanto, se você sente que algo vai errado com a sua procura por empregos e não entende o porquê disso, talvez essas explicações ajudem a descobrir o problema. Veja na galeria de fotos:

  • Você está tendo dificuldades até para ser chamado para as entrevistas

    Se você nunca é chamado para entrevistas de emprego, isso, provavelmente, significa que o problema está no seu currículo ou carta de apresentação.

    Garanta que o seu portfólio seja sucinto, claro e objetivo. Ou seja, sem informações inúteis, como características pessoais e cursos não compatíveis com a área de atuação da empresa.

    Lembre-se sempre de que o formato e as informações apresentadas no currículo de alguém selam o destino do documento: a pilha de melhores candidatos ou a lata de lixo.

  • Você não consegue passar da primeira fase das entrevistas

    Se você foi entrevistado, mas não passou para a próxima fase do processo de seleção, talvez esteja na hora de você reavaliar suas habilidades de persuasão durante uma entrevista.

    Faça muita pesquisa sobre a empresa da qual gostaria de fazer parte. É muito importante que o entrevistador saiba que você quer muito trabalhar no local e tem total consciência das tarefas que irá exercer lá dentro.

    Além disso, prepare-se para responder questões a respeito de suas antigas experiências profissionais e principais características da sua personalidade, além de como ela poderá colaborar para gerar bons resultados para a empresa.

  • Você não consegue passar da segunda fase das entrevistas

    Se você percebe que não está conseguindo passar da segunda fase de seus processos seletivos, provavelmente a razão para isso é a sua falta de confiança. Considere, portanto, que o problema pode estar na sua linguagem corporal e no nervosismo que você transparece ao recrutador.

    Procure sempre manter a calma e praticar a sua autoconfiança. Isso pode ser feito com um amigo, familiar ou até mesmo na frente do espelho, onde você pode treinar a sua postura e ver o que está fazendo de errado.

  • Você conseguiu chegar até o final do processo, mas não foi contratado

    Durante a negociação de salários e benefícios, mostre ao recrutador que ele está lidando com alguém de valor. Garanta que suas experiências e habilidades merecem ser recompensadas de forma justa.

    A compensação pode incluir outras coisas que não o dinheiro, como flexibilidade de horário. Isso poderá fazer com que o profissional valorize o fato de você estar disposto a trabalhar não apenas pelos benefícios, mas pelo prazer de estar exercendo o que gosta em um lugar que admira.

Você está tendo dificuldades até para ser chamado para as entrevistas

Se você nunca é chamado para entrevistas de emprego, isso, provavelmente, significa que o problema está no seu currículo ou carta de apresentação.

Garanta que o seu portfólio seja sucinto, claro e objetivo. Ou seja, sem informações inúteis, como características pessoais e cursos não compatíveis com a área de atuação da empresa.

Lembre-se sempre de que o formato e as informações apresentadas no currículo de alguém selam o destino do documento: a pilha de melhores candidatos ou a lata de lixo.

Comentários
Topo