Fotos

Como ter um relacionamento no trabalho

Namorar um colega de trabalho não é tão incomum quanto parece. De acordo com o site de pesquisa Career Builder, 39% dos trabalhadores norte-americanos já tiveram um relacionamento com alguém com quem trabalhavam em algum momento de suas carreiras. Já o site Vault apurou que 51% deles tiveram, pelo menos uma vez, um namoro com colegas.

MAIS: 14 coisas que você deveria fazer durante o horário de almoço

As pessoas passam grande parte do seu dia no escritório e, consequentemente, convivem muito com seus companheiros de trabalho, ainda mais com aqueles que pertencem ao mesmo departamento. Esse tempo passado junto pode levar a uma aproximação – ou até a um relacionamento. No entanto, algumas empresas têm políticas contra esse tipo de namoro, especialmente se ele for entre um funcionário e seu supervisor.

Apesar de ser uma situação delicada, não é impossível administrá-la. Veja na galeria de fotos oito dicas para fazer com que um namoro com um colega de trabalho torne-se possível:

  • Evite sair com quem supervisiona seu trabalho

    O envolvimento amoroso com seu supervisor (ou supervisora) pode ser uma receita para o desastre. Uma situação como essa dificulta a tomada de decisões sobre promoção ou aumento salarial, já que a pessoa pode acabar por privilegiar o namorado ou prejudicá-lo ao tentar provar imparcialidade.

  • Deixe certas regras escritas

    É importante estabelecer algumas regras básicas para evitar problemas no escritório e, de preferência, deixá-las por escrito.Deixe claro que toda a relação é consensual para evitar processos de abuso sexual. Isso vale tanto para namoros de subordinados com supervisores quanto para pessoas de departamentos diferentes.

  • Conte a quem precisa saber

    Quando há uma relação entre supervisor e supervisionado, é essencial contar ao departamento de recursos humanos. É mais apropriado que a pessoa que tem o cargo mais alto faça isso, porque tem mais segurança no trabalho e é mais difícil que perca o emprego em função do namoro.

  • Namore alguém de outro departamento

    É mais indicado ter um relacionamento com alguém que não trabalhe perto todos os dias, o dia todo.

  • Reflita antes de entrar de cabeça

    Questione-se se é isso mesmo que você quer, se os temperamentos combinam, se vale a pena correr esse risco. Alguns romances são muito impulsivos e, antes de tomar qualquer decisão, é importante descobrir se esse é o caso.

  • Não use o e-mail do trabalho para falar com o (a) namorado (a)

    Lembre-se: o e-mail do trabalho não é privado, outras pessoas podem ter acesso a ele. Então, não mande mensagens de amor para seu namorado com seu e-mail corporativo.

  • Evite demonstrações de afeto durante o expediente

    Não fique abraçado com seu namorado ou demonstre afeto no ambiente de trabalho. Saia para almoçar com outras pessoas que não seu parceiro. Não deixe sua vida profissional se misturar com a amorosa. Isso pode incomodar seus colegas.

  • Esteja preparado para possíveis consequências

    Algumas empresas têm como política a não aceitação de relacionamentos amorosos entre funcionários. Então, fique preparado para enfrentar as consequências caso uma situação como essa venha a acontecer.

Evite sair com quem supervisiona seu trabalho

O envolvimento amoroso com seu supervisor (ou supervisora) pode ser uma receita para o desastre. Uma situação como essa dificulta a tomada de decisões sobre promoção ou aumento salarial, já que a pessoa pode acabar por privilegiar o namorado ou prejudicá-lo ao tentar provar imparcialidade.

Comentários
Topo