Fotos

5 estratégias certeiras para quem busca aumento de salário

Não importa o quanto você ganha ou o tipo de emprego que você tem, em algum momento da sua carreira você, provavelmente, já se perguntou se o seu salário é realmente compatível com o seu trabalho.

Isso acontece porque, apesar de a remuneração não ser o único critério a ser levado em conta na profissão, muita gente sabe que ela, muitas vezes, é um fator de peso na escolha de um lugar para trabalhar.

FOTOS: Como negociar um salário melhor em uma nova proposta de emprego

Para muitos de nós, a negociação de um salário pode ser muito estressante e desconfortável, especialmente se você já está esperando por um ‘não’ do seu chefe. No entanto, de acordo com um estudo publicado na revista Journal of Organizational Behavior, que analisa o comportamento das empresas no mercado, não pedir por benefícios durante as suas primeiras ofertas de trabalho pode custar mais dinheiro do que você imagina no período total da sua carreira.

VEJA TAMBÉM: Como melhorar a produtividade no trabalho

Portanto, se você está diante de uma nova oportunidade de emprego, considere algumas estratégias fundamentais que podem ajudá-lo a negociar o seu próximo salário. Veja na galeria de fotos quais são elas:

  • Peça por um aumento no começo do dia

    Para quem não sabe qual é o momento ideal para pedir um aumento de salário, alguns especialistas recomendam que o começo do dia é o melhor horário para tratar do assunto com o seu chefe.

    A psicóloga norte-americana Shannon Kolakowski, por exemplo, acredita que o período da manhã é a melhor hora para a negociação, pois é nessa ocasião que o seu supervisor estará mais “descansado e calmo” do que no final do dia de trabalho.

    Além disso, um estudo publicado pela organização científica Psychological Science mostrou que, pela manhã, as pessoas costumam reagir melhor às propostas, no geral, do que no horário da tarde.

  • Negocie um aumento nos últimos dias úteis da semana

    No geral, as pessoas acreditam que os trabalhadores ficam mais cansados e sem tanta energia conforme os dias da semana vão passando. Isso pode significar, portanto, que quanto mais tarde você quiser pedir um aumento ao seu chefe, menos disposto ele vai estar para negociar com você.

    No entanto, de acordo com o portal de bem-estar Psychology Today, o contrário disso também pode ser verdade. Segundo o site, as pessoas estão mais focadas e dispostas a resolver pendências no começo da semana e acreditam que, pelo fato de elas estarem muito ocupadas neste período, as chances dos profissionais estarem mais dispostos a negociar às quintas e sextas-feiras são maiores.

  • Negocie quando estiver com fome

    Se você está hesitante em negociar um aumento com o seu chefe, é melhor que você pule o café da manhã antes de ter essa conversa.

    De acordo com um estudo feito por pesquisadores da Universidade Cornell e Dartmouth College, nos Estados Unidos, foi comprovado que a fome impulsiona e aumenta o senso das pessoas de entenderem por que elas devem ser recompensadas, seja no trabalho ou na vida pessoal.

  • Estipule uma faixa salarial para obter melhores resultados

    Na maioria das discussões sobre táticas de negociação, alguns especialistas aconselham que o profissional não estipule um pagamento inicial, pois isso pode fazer com que os chefes estipulem uma faixa salarial mínima logo no começo da conversa.

    No entanto, segundo um estudo publicado pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, estipular uma oferta exata de salário pode gerar melhores resultados do que negociar um “aumento” sem definir o quanto você gostaria de ganhar.

    Se você age desta forma, seu supervisor irá supor que você não vai aceitar nenhum pagamento abaixo do valor estipulado, e isso pode te ajudar na hora da negociação.

    Para isso, apresentar bons argumentos também é fundamental para convencer o seu chefe de que a sua proposta está de acordo com o que você está disposto a fazer pela empresa.

  • Apenas pergunte

    A boa notícia para alguém que está hesitante em negociar um aumento é que “o não você já tem”.

    Uma análise feita pela analista de salários Payscale mostrou que três quartos dos profissionais que pedem por um salário melhor conseguem. De acordo com o estudo, 44% dessas pessoas recebem o valor estipulado inicialmente e 31% recebem menos do que pediram, mas, ainda sim, conseguem um aumento.

Peça por um aumento no começo do dia

Para quem não sabe qual é o momento ideal para pedir um aumento de salário, alguns especialistas recomendam que o começo do dia é o melhor horário para tratar do assunto com o seu chefe.

A psicóloga norte-americana Shannon Kolakowski, por exemplo, acredita que o período da manhã é a melhor hora para a negociação, pois é nessa ocasião que o seu supervisor estará mais “descansado e calmo” do que no final do dia de trabalho.

Além disso, um estudo publicado pela organização científica Psychological Science mostrou que, pela manhã, as pessoas costumam reagir melhor às propostas, no geral, do que no horário da tarde.

Comentários
Topo