Fotos

8 dicas para crescer mesmo na crise, por Jason Chen, CEO global da Acer

Não é nenhum segredo que o momento no Brasil é de crise econômica. Não só aqui, mas no mundo todo. “O Brasil não está sozinho. O mundo inteiro passa por um período turbulento. Alguns estão em uma situação pior do que outros, mas ninguém está imune”, diz Jason Chen, CEO global da Acer.

Chen veio ao Brasil para a apresentação do novo portfólio de produtos da empresa, que ocorreu na última quarta-feira (23). A previsão é que a linha, que tem como objetivo oferecer mais opções ao consumidor, chegue ao país até o final deste ano. Além do CEO, estava presente no evento o presidente local da Acer, Germano Couy.

MAIS DICAS: 10 dicas para fazer seu negócio crescer na crise

Apesar da crise, a aposta da Acer no Brasil é grande. “O mercado brasileiro está entre os maiores do mundo, mas, quando comparado a outros países, ainda possui uma baixa penetração da categoria de informática. Hoje, vemos um grande potencial de crescimento aqui e esse é um dos principais motivos que nos faz apostar no país,” explica Chen.

Essa aposta fica evidente no fato de que a maior parte dos produtos do novo portfólio terá fabricação local, em Jundiaí, interior de São Paulo. Dessa forma, a empresa não sentirá com tanta intensidade a alta do dólar, o que permitirá manter preços acessíveis e competitivos.

LEIA TAMBÉM: Comércio eletrônico brasileiro vence crise e crescerá neste ano

Com 7 mil funcionários, a receita global da Acer em 2014 atingiu mais de US$ 10 bilhões. No Brasil, a empresa está presente há seis anos no mercado varejista e se encontra entre as líderes em faturamento e volume de vendas.

Veja na galeria de fotos 8 dicas da dupla de executivos da Acer para crescer mesmo em tempos de crise:

  • Inove

    Para vender em momentos como este, em que as pessoas compram pouco, inovar é fundamental, diz o CEO da Acer, Jason Chen. Ao investir em inovação, cria-se empolgação e, consequentemente, demanda. “As pessoas precisam dizer: ‘Uau!’.” Isso acontece, segundo ele, ao criar novos produtos, novos modelos com inovações em design e tecnologia. “Se você possui, por exemplo, um computador há três ou quatro anos e tem a intenção de trocar, você precisa ver algo que dê vontade de comprar,” completa o presidente da marca, Germano Couy.

  • Conheça seu mercado

    É fundamental conhecer o mercado em que sua empresa atua e tentar preencher o maior espaço possível. Dessa forma, suas oportunidades de negócio se expandem e sua oferta se diversifica. Chen explica, usando o exemplo da Acer, de maneira simples: “Nossa linha de produtos vai de 1 a 100 polegadas, de wearables a projetores”. Os projetores, inclusive, vieram ao Brasil quando a empresa percebeu que suas concorrentes não davam conta de preencher toda a demanda.

  • Invista em áreas pouco exploradas

    Ao encontrar uma área pouco explorada, invista nisso. “Nossa expectativa é crescer por meio dessas novas categorias que ainda possuem muito espaço no mercado brasileiro, como o segmento gamer, que hoje tem um grande potencial junto a um público determinado e que anseia por novidades”, comenta Germano Couy sobre os produtos da nova linha gaming. A Acer notou uma falta de ofertas para o crescente mercado de jogos que, no último ano, cresceu 66% no Brasil e que, hoje, tem cerca de 45 milhões de jogadores assíduos ou eventuais no país.

  • Conheça seu público

    Ter um produto bom e inovador não é o suficiente se você não sabe como vendê-lo. O relacionamento com o consumidor é fundamental para fornecer os produtos da maneira mais eficiente possível.

  • Tenha um diferencial

    Um diferencial, como o próprio nome diz, faz toda a diferença e pode funcionar como um estímulo para que o cliente, sobretudo aquele mais exigente, escolha comprar da sua empresa, e não da concorrência. A Acer, por exemplo, foi a primeira empresa no Brasil a fazer a transição para a quinta geração do processador Intel. Segundo Chen, é fundamental investir em tecnologia muitas vezes invisíveis, mas que torne os produtos capazes de ter, constantemente, uma performance melhor do que a dos outros.

  • Invista em qualidade

    A qualidade deve ser uma preocupação constante. Dessa maneira, se a pessoa adquirir um produto da sua marca uma vez, ela com certeza estará muito inclinada a se tornar um cliente recorrente.

  • Una eficiência a um bom design

    Em seu negócio, seja qual for, busque sempre combinar tecnologia e design. Faça também investimentos em todas as áreas importantes para o seu produto.

  • Estabeleça preços competitivos

    Faça o possível para manter preços acessíveis. “Todo mundo passa por um momento difícil agora. Tente fazer o máximo de esforço possível para se manter competitivo”, diz Couy.

Inove

Para vender em momentos como este, em que as pessoas compram pouco, inovar é fundamental, diz o CEO da Acer, Jason Chen. Ao investir em inovação, cria-se empolgação e, consequentemente, demanda. “As pessoas precisam dizer: ‘Uau!’.” Isso acontece, segundo ele, ao criar novos produtos, novos modelos com inovações em design e tecnologia. “Se você possui, por exemplo, um computador há três ou quatro anos e tem a intenção de trocar, você precisa ver algo que dê vontade de comprar,” completa o presidente da marca, Germano Couy.

Comentários
Topo