Fotos

8 restaurantes de chefs com estrelas Michelin em aeroportos

Uma das piores coisas sobre viajar de avião é ter de esperar nos aeroportos durante conexões ou atrasos nos voos. Felizmente, nos últimos anos, aeroportos têm procurado deixar os momentos que passageiros passam nos terminais mais agradáveis, confortáveis e até divertidos. Comodidades como spas, aulas de ginástica, hotéis museus são agora parte de alguns dos aeroportos mais visitados.

FOTOS: Rede Shangri-La cria Festival Internacional de Gastronomia com chefs renomados

Outra tendência que começa a despontar é de chefs renomados que abrem restaurantes dentro de terminais. Se você faz uma parada em algum desses destinos no futuro e busca uma excelente experiência de jantar, existe a opção de apreciar a comida de nomes premiados com estrelas Michelin.

DICAS: Segredos de um chef com 4 estrelas Michelin

Veja na galeria oito aeroportos com restaurantes de chefs com estrelas Michelin:

  • Saison, no Aeroporto Internacional de Newark Liberty (Estados Unidos)

    Como parte da renovação de US$ 120 milhões do Aeroporto de Newart, em Nova Jersey, o local também aumentou suas opções de restaurantes , incluindo o bistrô francês Saison. Conhecido por ser o primeiro chef a conquistar seis estrelas Michelin, Alain Ducasse, encontrou em Newark a oportunidade de abrir seu primeiro negócio em um aeroporto. Viajantes podem apreciar pratos com foie gras, coq au vin, escargot e croissant enquanto esperam o voo. Há também uma legítima seleção de vinhos.

  • Altitude, no Aeroporto Internacional de Genebra (Suíça)

    Quando o quesito é beleza, a Suíça é um dos destinos mais pitorescos do mundo. Complementando a beleza do país está o Altitude, um restaurante que serve comida francesa clássica. Supervisionado pelo chef Fabien Legon, o local é comandado por dois chefs Michelin, Gilles Dupont e Thomas Byrne. Além das refeições, o restaurante também oferece uma sala de conferência com sete espaços privados e um cardápio de almoço que muda toda semana.

  • I Love Paris, no Aeroporto Charles de Gaulle (França)

    O I Love Paris abriu esse ano, e é o primeiro restaurante francês em um aeroporto comandado por um chef Michelin. Na verdade, ele é dirigido por um chef com três estrelas Michelin: Guy Martin. O cardápio é francês e o local foi desenhado por India Mahdavi, com inspiração no Palais Royal. O local também oferece um bar de champanhe.

  • Cotto, no Aeroporto LaGuardia (Estados Unidos)

    O chef Michael White está por trás do restaurante italiano Cotto, que abriu suas portas em dezembro em Nova York. Decorado com azulejos preto e brancos, janelas que vão do chão ao teto e cadeiras verdes, o espaço é aberto e arejado. Junto às massas e pizzas artesanais, Cotto serve refeições rápidas, como antepastos e paninis.

  • Lamoraga, no Aeroporto Internacional Malaga-Costa Del Sol (Espanha)

    Como em muitos restaurantes na Espanha, o Lamoraga é especializado em tapas andaluzas. Sob a supervisão do chef Dani Garcia – que leva duas estrelas Michelin no currículo -, o menu é repleto de interpretações contemporâneas de clássicos da gastronomia espanhola. Clientes podem se deliciar com sopa de gaspacho e chorizo, além de uma pequena, mas refinada, carta de vinhos.

  • Plane Food, no Aeroporto Heathrow (Inglaterra)

    Você pode não conhecer todos os chefs Michelin do mundo, mas provavelmente já ouviu falar de Gordon Ramsay. O chef energético, personalidade de TV e escritor tem sete estrelas Michelin entre seus 25 restaurantes em todo o mundo. Plane Food, no Heathrow, em Londres, permite que viajantes experimentem a comida do famoso chef sem precisar reservar uma mesa com meses de antecedência. Além disso, as refeições são rápidas – a ideia é servi-las em até 25 minutos. O cardápio é inspirado na culinária europeia moderna.

  • Porta Gaig, no aeroporto El Prat (Espanha)

    Desenhado pelo arquiteto Ricard Bofil, o interior do Porta Gaig tem decoração minimalista com janelas panorâmicas e mobília moderna, mas nada mais. Com poucas cores e elementos de decoração, o ambiente permite que a comida seja o foco da visita. O restaurante é supervisionado pelo chef Charles Gaig, que possui outros dois estabelecimentos em Barcelona, e serve comida da Catalunha.

  • Top Air, no Aeroporto Stuttgart (Alemanha)

    O aeroporto de Stuttgart possui o único restaurante com uma estrela Michelin. Aberto em 2013 e comandado por Marco Akuzun, Top Air serve culinária europeia gourmet com vista para os Alpes Suábios. Com seu dom artístico, a apresentação de Akuzun pode fazê-lo se esquecer que está em aeroporto.

Saison, no Aeroporto Internacional de Newark Liberty (Estados Unidos)

Como parte da renovação de US$ 120 milhões do Aeroporto de Newart, em Nova Jersey, o local também aumentou suas opções de restaurantes , incluindo o bistrô francês Saison. Conhecido por ser o primeiro chef a conquistar seis estrelas Michelin, Alain Ducasse, encontrou em Newark a oportunidade de abrir seu primeiro negócio em um aeroporto. Viajantes podem apreciar pratos com foie gras, coq au vin, escargot e croissant enquanto esperam o voo. Há também uma legítima seleção de vinhos.

Comentários
Topo