6 razões para Glasgow ser o lugar mais assustador para se estar neste Halloween

Se você já começou a planejar o próximo Halloween, deveria levar em consideração uma estadia em Glasgow. Com suas longas noites, arquitetura gótica e um passado cheio de histórias de terror, não há nenhum lugar que comemore o Halloween com tanto entusiasmo quanto esta cidade da Escócia.

CONHEÇA TAMBÉM: 13 lugares mal-assombrados para conhecer antes de morrer

Eventos públicos no Glasgow Green, parque da cidade, costumavam ser, no passado, a principal forma de entretenimento macabro. Hoje em dia, porém, a cidade escocesa oferece atividades de Halloween o suficiente para manter até os gênios mais diabólicos satisfeitos.

Veja na galeria de fotos seis razões para Glasgow ser o lugar mais assustador para se estar neste Halloween:

  • Festas

    A vida noturna de Glasgow é viva ao longo de todo o ano. No entanto, no Halloween há, provavelmente, mais festas do que até o elenco do filme “Trainspotting” poderia aguentar.

    Neste Halloween, por exemplo, o enorme baile de máscaras do Club Noir, que alega ser a maior festa do tema no país, já teve todos os ingressos vendidos. Porém, algumas pessoas de sorte ainda podem conseguir entradas. Mas existem várias outras opções de festas: a eletrônica no Buff Club, a burlesca no Classic Grand e a recém inaugurada St. Luke’s.

  • Locais mal-assombrados

    Cerca de 50.000 pessoas foram enterradas em Necropolis, uma cidade dos mortos, perto de Glasgow. Arquitetos de túmulos da era vitoriana mostravam suas habilidades para seus clientes ricos, e os resultados são impressionantes. Caminhe por lá e entre no espírito do final de semana.

    A sudoeste do centro da cidade, um cemitério no bairro de Govan é cheio de lápides com marcas de caveiras e ossos (o que parece ser um pouco desnecessário para uma lápide). Teorias sobre essas pedras com inscrições comemorativas e outros adornos são abundantes, mas algumas delas mencionam os cavaleiros Templários da Idade Média e nos fazem lembrar da nossa frágil mortalidade. De qualquer forma, essas lápides estão ali há muito, muito tempo.

  • Filmes de terror

    Assuste-se com eventos de filmes ao redor da cidade. A Britannia Panopticon, uma maravilhosa sala de concertos antiga, exibe muitas obras durante o Halloween. Este ano, serão apresentados o clássico de terror dinamarquês “Häxan – A Feitiçaria Através dos Tempos”, com música ao vivo e efeitos sonoros. A praça Candleriggs Square terá um cinema ao ar livre durante o final de semana de Halloween. O blog de cinema de terror Popcorn Horror fez uma grande comemoração nesta sexta-feira (30).

  • Florestas assustadoras

    A Escócia tem cenários de natureza deslumbrante, com muitas florestas sombrias a uma pequena distância de Glasgow, caso moradores da cidade fantasiados não sejam assustadores o suficiente para você. As “Friday Nights” (noites de sexta-feira, em tradução livre) do parque Mugdock Country Park carregam uma lenda que diz que os vales eram usados como piscinas para afogar mulheres suspeitas de serem bruxas.

    A Forestry Comission Scotland provê toda a informação necessária para conhecer os cenários assustadores da Escócia.

  • Estação de trem

    As comemorações de Halloween começam no minuto em que você entra na estação central de Glasgow e olha para o antigo relógio.

    Ok, ainda que essa foto não seja em Glasgow, é também muito assustadora.

  • Observar pessoas

    Se todas essas opções requerem muito mais planejamento do que você está disposto a fazer, vá para a rua Sauschiehall por volta das 4 horas da manhã. Isso pode ser muito macabro normalmente, mas, no Halloween, todos os bêbados fantasiados transitam por lá.

Festas

A vida noturna de Glasgow é viva ao longo de todo o ano. No entanto, no Halloween há, provavelmente, mais festas do que até o elenco do filme “Trainspotting” poderia aguentar.

Neste Halloween, por exemplo, o enorme baile de máscaras do Club Noir, que alega ser a maior festa do tema no país, já teve todos os ingressos vendidos. Porém, algumas pessoas de sorte ainda podem conseguir entradas. Mas existem várias outras opções de festas: a eletrônica no Buff Club, a burlesca no Classic Grand e a recém inaugurada St. Luke’s.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).