Fotos

BMW lança primeiro carro com injeção de água do mundo

Muitos amantes de automóveis temem que, à medida em que eles se tornam mais avançados e tecnológicos, o prazer de dirigi-los diminua. Porém, o novo BMW M4 GTS vai contra essa suposta teoria. A aposta é que o avanço tecnológico pode tornar a direção ainda mais prazerosa. A exclusividade está garantida: a BMW só produzirá 700 exemplares desse novo modelo.

VEJA TAMBÉM: Os melhores carros da saga “James Bond”

Ainda que o carro pareça uma versão de corrida do BMW M4 Coupé, poucas coisas poderiam estar mais distantes da verdade. Isso porque o veículo é o pioneiro entre os carros de produção em duas ferramentas inovadoras: injeção à água na frente e faróis de diodo orgânico que emite luz na traseira.

E MAIS: Toyota investirá US$ 50 milhões em inteligência artificial para carros

Veja na galeria de fotos mais características do BMW M4 GTS:

  • Injeção de água

    Os engenheiros da BMW pegaram seu potente motor twin-turbo 3.0 de seis cilindros e, pela primeira vez em um carro de linha, equiparam-no com injeção de água. Ainda que a tecnologia já fosse utilizada e testada nas pistas de corridas há vários anos, este é o primeiro carro de linha a utilizá-la. Essencialmente, injetar água no cilindro junto com uma pequena quantidade de gasolina permite que o motor opere em rotações mais altas do que sem a água. Motores com alta taxa de compressão não apenas operam com mais eficiência, mas também geram mais potência.

  • Motor

    O resultado de adicionar injeção à água ao motor do M4 é o aumento de 16% na potência e de 10% de torque. Essa performance permite que o M4 GTS vá de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e atinja a velocidade máxima de 305 km/h. Toda essa potência é transmitida para as rodas traseiras através do transmissor de sete velocidades de dupla embreagem. O carro é capaz de gerar toda essa força extra enquanto apresenta números de eficiência de combustível similares aos do M4 Coupé.

  • Tecnologia OLED

    Se comparadas às luzes de Led comuns em carros de alta qualidade, as OLED são incrivelmente finas e emitem luz através de toda a superfície em vez de a partir de um único ponto. Isso não significa apenas que as luzes têm 1,4 mm de altura, mas elas podem iluminar módulos individualmente.

  • Redução de peso

    A frente e a traseira não são os únicos pontos com boas ferramentas no M4 GTS. O meio também tem algumas características distintivas. A BMW foi ousada ao reduzir o peso do carro, com vários de seus componentes esculpidos em CFRP (carbon-fiber-reinforced plastic ou plástico com fibra de carbono), como o teto, o capô, o painel e o massivo aerofólio. O carro também não tem os bancos traseiros, cujo espaço é ocupado por uma nova suspensão que não apenas é mais leve, mas também pode ser ajustada de três maneiras. A redução no peso resulta em um carro de 1.584,85 kg – 16,33 kg mais leve do que o M4. Os designers finalizaram tudo com uma pintura escura fosca e adicionaram um toque de brilho com destaques alaranjados nas rodas.

Injeção de água

Os engenheiros da BMW pegaram seu potente motor twin-turbo 3.0 de seis cilindros e, pela primeira vez em um carro de linha, equiparam-no com injeção de água. Ainda que a tecnologia já fosse utilizada e testada nas pistas de corridas há vários anos, este é o primeiro carro de linha a utilizá-la. Essencialmente, injetar água no cilindro junto com uma pequena quantidade de gasolina permite que o motor opere em rotações mais altas do que sem a água. Motores com alta taxa de compressão não apenas operam com mais eficiência, mas também geram mais potência.

Comentários
Topo