Fotos

Como sobreviver a filmes de terror, por 14 autores do gênero

A maioria dos fãs de filmes de terror já deve ter se imaginado na pele dos personagens das obras e, inclusive, já fizeram críticas sobre a estupidez de certos protagonistas ao arriscarem suas vidas com atitudes ingênuas e pouco inteligentes.

FOTOS: 11 hotéis para você se hospedar no Halloween

Sabe-se, inclusive, que muitos dos roteiros de horror seguem os mesmos clichês de cenas com assassinos previsíveis e vítimas com os mesmos estereótipos de cidadãos inocentes e heroicos. No entanto, segundo os colaboradores do livro “Slasher Girls & Monster Boys”, escrito em conjunto por 14 renomados autores especializados em histórias de terror, a fórmula dessas tramas podem variar bastante também.

VEJA TAMBÉM: App coloca “monstros” em táxis para corridas de graça no Halloween

Inspirados no dia das bruxas, foram selecionados diversos conselhos bem-humorados desses profissionais sobre como sobreviver aos filmes de terror, independentemente de você ser o vilão ou o “mocinho” do longa. Veja na galeria de fotos quem são os escritores e suas principais sugestões:

  • Stefan Bachmann

    “Não se separe do seu grupo de amigos, e nunca investigue aquele barulho estranho que você escutou no fundo do seu porão abandonado. Além disso, não compre uma dessas bonecas com olhos malignos e as deixe ao lado da sua cabeceira durante a noite.”

    Mas ao final, o escritor admite que, na realidade, você deve fazer o que quiser, pois “ninguém assiste a filmes de terror para ver pessoas inteligentes fazendo escolhas racionais”.

  • Kendare Blake

    Já Kendare sugere que você construa o seu próprio filme e comece a matar pessoas aleatoriamente. “Quem sabe você e o psicopata não se tornam grandes amigos ou, até mesmo, lutem em uma batalha para decidir quem leva o título de protagonista”, brinca.

  • Leigh Bardugo

    A autora israelense recomenda que você evite o contato com crianças silenciosas, especialmente, quando são gêmeas. “Na realidade, fuja do país assim que você escutar qualquer barulho que se pareça um pouco com uma canção de ninar.”

  • A. G. Howard

    A escritora do livro de sucesso “O Lado mais Sombrio” sugere que você evite todos os objetos e lugares suspeitos do lugar em que você está. “Tente se manter o mais longe possível de cenários com espelhos, bonecos de porcelana, portões de ferro destrancados, igrejas abandonadas, porões e telas de TV com chiados. ”

  • Jay Kristoff

    Segundo Kristoff, os filmes de terror não respeitam nem mesmo os momentos mais íntimos dos personagens. “Não importa o momento do dia, se você está fazendo sexo com alguém ou tomando banho, considere-se morto.”

  • Marie Lu

    Para a autora Marie Lu, uma boa história de terror é sempre cheia de criaturas estranhas, portanto, a dica dela é que você “arrume uma máscara e uma motosserra para confundir o assassino na hora que ele resolver persegui-lo.” Mas, segundo a escritora, se for o caso de um filme de espíritos, aí sim, você estará perdido.

  • Jonathan Maberry

    “Se você for um “nerd” medroso, não perca tempo paralisado quando os zumbis vierem atacar você. Deixe que eles persigam os populares, enquanto você foge despercebido para escapar deles”, sugere o escritor.

  • Danielle Paige

    De acordo com a autora, se você for um personagem masculino, a sua chance de sobreviver a uma história de terror é muito baixa, por isso: “homens, aceitem o fato de que você será a próxima vítima que nós veremos morrer lentamente na tela de nossas televisões”.

  • Carrie Ryan

    “Nunca pense que você está seguro, nem mesmo que o assassino esteja desacordado. Muita coisa pode acontecer até os créditos finais do filme”, afirma Carrie.

  • Megan Shephard

    Para a escritora, é preciso confiar em cachorros e nunca em gatos, pois, “enquanto os felinos assistirão tranquilamente à sua morte lenta e dolorosa, os cães são especialistas em identificar se aquela criança estranha que aparece no fundo do seu corredor é apelas uma menina esquisita ou um espírito medonho”.

  • Nova Ren Suma

    “Se é o caso de você ser o vilão do filme, aja como se fosse inocente e muito burro. Assim, ninguém suspeitará que os seus objetos pontudos e suas ferramentas estranhas são, na realidade, excelentes armas mortais”, sugere a autora.

  • McCormick Templeman

    Templman recomenda que depois que o seu trabalho como assassino estiver completo, você “coloque o seu melhore disfarce, livre-se dos corpos, e tente não ser pego.”

  • Cat Winters

    Ficar longe de lugares suspeitos é a melhor dica que Cat pode oferecer. “A não ser que se trate de um roteiro de zumbis, mantenha distância de banheiros sem janelas, chuveiros com cortinas e espaços estreitos.”

  • April Genevieve Tucholke

    “A minha sugestão para as mulheres é que elas não tenham um cabelo brilhante e uma pele perfeita. Além disso, a não ser que elas estejam em uma história da Disney, alguém deve orientá-las de que não se pode fazer amizade com ratos, pássaros e criaturas da floresta.”

Stefan Bachmann

“Não se separe do seu grupo de amigos, e nunca investigue aquele barulho estranho que você escutou no fundo do seu porão abandonado. Além disso, não compre uma dessas bonecas com olhos malignos e as deixe ao lado da sua cabeceira durante a noite.”

Mas ao final, o escritor admite que, na realidade, você deve fazer o que quiser, pois “ninguém assiste a filmes de terror para ver pessoas inteligentes fazendo escolhas racionais”.

Comentários
Topo