Fotos

Novo Honda movido a hidrogênio é mais eficiente, sustentável e econômico

A coisa mais notável do novo carro movido a hidrogênio da Honda, o Clarity, revelado na última quarta-feira (28) no Salão de Tóquio, não é a aceleração silenciosa que ele oferece quando o pé toca o pedal nem que ele não emite nada além de vapor de água de seu escape. Não é, também, o fato de o Clarity conseguir andar por mais de 640 km entre cada carga de hidrogênio que dura três minutos – assumindo que você tenha acesso a uma estação de hidrogênio.

VEJA TAMBÉM: Com IDS Concept, Nissan entra para o mundo dos carros autônomos

A coisa mais importante é que o sistema de célula de combustível da Honda custa um décimo do que custavam as versões anteriores e, pela primeira vez, cabe embaixo do capô do carro. Isso significa duas coisas: há mais espaço para passageiros e cargas e a célula de combustível compacta pode ser usada em uma variedade de outros veículos da Honda.

MAIS FOTOS: Accura NSX 2017 traz tecnologia de ponta e performance em um supercarro

Veja na galeria de fotos mais detalhes do Honde Clarity:

  • Zero poluentes

    Por ser um veículo com célula de combustível de hidrogênio, o carro não emite nada além de vapor de água de seu escape.

  • Bateria

    O Clarity consegue andar por mais de 640 km com uma única carga. Além disso, o processo de carregar dura três minutos.

  • Sistema de célula de combustível

    O sistema de célula de combustível da Honda custa um décimo do que custavam as versões anteriores e, pela primeira vez, cabe embaixo do capô do carro. Isso significa que há mais espaço para passageiros e cargas e que a célula de combustível compacta pode ser usada em outros veículos Honda.

  • Estações de hidrogênio

    Obviamente, obter o hidrogênio permanece sendo um ponto crítico. Na Califórnia e no nordeste dos Estados Unidos, empresas como a First Element e a Air Liquide estão instalando estações de hidrogênio com apoio do governo e com empréstimos da Toyota e da Honda, mas a implantação segue a passos lentos.

    A Honda pode ter uma solução: o desenvolvimento da Smart Hydrogen Station, estação de hidrogênio compacta, que permite usar eletrólises de alta pressão para produzir hidrogênio em casa. A empresa não falou sobre quando a tecnologia estará disponível. Porém, se for acessível, pode ser um grande avanço na velocidade de adoção dos veículos de células de combustível.

  • Potência

    Apesar do tamanho compacto, o novo sistema de célula de combustível tem 30% a mais de poder, 130 kW, com alcance de 700 quilômetros. É equipado com uma bateria de íon-lítio que cabe embaixo dos assentos dianteiros. Há dois tanques de hidrogênio: um grande que fica na parte traseira do carro e um pequeno que fica atrás do assento traseiro.

  • Vendas

    O Clarity começará a ser vendido no Japão em março de 2016 e, em seguida, nos Estados Unidos e na Europa. A montadora pretende vender muito mais do que as 72 unidades vendidas do seu veículo de célula de combustível anterior, o FCX Clarity. Atualmente, o carro está avaliado em 7,66 milhões de yen (US$ 62,807), mas não se sabe qual será o preço quando for posto à venda.

Zero poluentes

Por ser um veículo com célula de combustível de hidrogênio, o carro não emite nada além de vapor de água de seu escape.

Comentários
Topo