Reino Unido ganha restaurante especializado em insetos

Insetos, geralmente, são considerados nojentos. Estão sempre entre os principais alvos nas inspeções sanitárias, especialmente nos restaurantes. Um chef britânico, no entanto, prefere o caminho contrário: ele não quer os insetos longe das cozinhas, mas nos pratos.

Há três semanas, Andy Holcroft inaugurou a casa Grub Kitchen em St. Davids, no País de Galels com um cardápio repleto de insetos. Só insetos. “Foi inspirado na necessidade de mudar a origem das proteínas necessárias aos homens”, explica o proprietário.

LEIA MAIS: Bebida feita de formigas custa R$ 920

Ciente dos desafios, Holcroft explica que “será necessário encorajar o público ao experimento de novas fontes de proteína. Principalmente quando se trata dos insetos. Não há necessidade de ingerir carne todos os dias, essa prática está sobrecarregando a indústria pecuária”.

Surpreendentemente, até agora o local recebeu bons feedbacks sobre a iniciativa. “Pessoas estão começando a se conscientizar de que comer insetos é bom, saboroso e saudável”, certifica o chef.

LEIA MAIS: Sr. Tea leva chás especiais para os maiores chefs do mundo

Outro prato favorito é o recém-lançado bolinho de cebola com espinafre e joaninha. O menu apresenta também biscoitos de chocolate de grilo com manteiga de amendoim. Veja na galeria de fotos mais detalhes sobre os restaurantes:

  • Combinações curiosas

    É possível incluir cogumelos, pimentões doces, coentro, queijo azul e pimenta nos pratos mais pedidos, como o hambúrguer de insetos.

  • Grilos natalinos

    Assim como a maioria dos grandes restaurantes, Grub Kitchen tem o menu de fim de ano pronto à venda. O natalino, por exemplo, inclui larvas crocantes, duxelle de cogumelo selvagem, espinafre e castanhas com uma redução de vinho tinto e purê de couve-flor com grilos caramelizados.

  • Viva a diversidade!

    A cozinha é influenciada por várias vertentes culinárias. Além dos ingredientes principais, os insetos, nenhum outro é sempre obrigatório. O que verdadeiramente importa é o sabor.

  • Inovação

    A promoção da sustentabilidade é principal valor da companhia, junto à inserção dos insetos na alimentação comum e diária.

  • Nutritivos

    A adesão aos insetos comestíveis é muito comum na Ásia. São alguns específicos, não todos. Mas saudáveis e grande fonte de proteína.

  • Aparência é importante

    Andy Holcroft diz não se importar apenas com o sabor. Principalmente no caso do Grub Kitchen, a apresentação é essencial para cativar os clientes.

  • Especiaria

    Entre as atrações do restaurante, há este dal de larvas com cominho, inspirado na culinária indiana.

Combinações curiosas

É possível incluir cogumelos, pimentões doces, coentro, queijo azul e pimenta nos pratos mais pedidos, como o hambúrguer de insetos.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).