Fotos

6 dicas para fazer compras on-line de forma segura

O Natal está quase aí e nada mais normal do que querer renovar a cada e comprar presentes para os outros. No entanto, pensar nas filas dos shoppings lotados nesta época desestimula qualquer um. É nesse momento que a internet mostra-se a salvação: poder fazer compras em casa, sentado no sofá. Mas é preciso cuidado.

SAIBA MAIS: 20 acessórios mais curiosos para quem gosta de beber

Enquanto são muitos os benefícios disponibilizados pela opção de compra on-line, a possibilidade de fraude também é grande e pode transformar algo que era para ser prático em uma verdadeira dor de cabeça. Hoje, algumas opções tecnológicas podem ajudar a monitorar as movimentações feitas na internet. “Cartões de crédito e débito têm avançado quanto a segurança”, explicou Pam Codispoti, presidente do Chase, uma ferramenta especializada em monitoramento on-line de fraudes, ao portal Mashable. “Mas obviamente é preciso saber fazer escolhas inteligentes”, complementa.

Veja na galeria de fotos seis dicas para fazer compras on-line de forma mais segura:

VEJA TAMBÉM: 8 maneiras de dar bons presentes sem prejudicar seu bolso

  • Pesquise antes de passar os dados

    Há uma enorme quantidade de sites ‘disfarçados’. Muitos dos fraudadores tentam se passar pela empresa legítima para adquirir informações pessoais de clientes, como cartões de crédito e números de segurança. O segredo é confirmar o máximo de informação possível sobre o e-commerce pesquisado. Caso dados seus sejam pedidos por e-mail, telefone ou redes sociais, não responda: vá à empresa em questão pessoalmente ou por telefone.

  • Conheça a loja

    Varejistas on-line geralmente são conhecidos e têm alguma fama (se ela boa ou ruim). Se você não é familiarizado com um site de e-commerce, faça uma super pesquisa sobre ele antes. Procure por opiniões e avaliações feitas por clientes anteriores. Ah, e se não há plena certeza de que o lugar é confiável, não digite os números de seu cartão de crédito.

  • Adeus Wi-Fi

    Você usa uma rede de Wi-Fi pública para fazer compras? Cuidado! Elas não são tão confiáveis assim. É melhor não digitar seus dados do cartão enquanto estiver conectado a uma delas, mas caso seja muito muito necessário, dê preferência aos sites que começam com “https”, pois se o site for “http”, ele não é tão protegido.

  • Segurança tem a ver com smartphone

    Qualquer um que faz uso de smartphones para compras ou qualquer outra atividade on-line, deve estar seguro sobre o sistema operacional que está utilizando. Basta atualizar periodicamente para obter as mais novas tecnologias sobre funcionalidade e segurança.

    Outra coisa muito interessante e fácil de se fazer é baixar aplicativos próprios de bancos, por exemplo. Dessa forma, a vulnerabilidade é menor e a segurança é maior.

  • Confirme informações

    Sempre imprima as páginas de confirmação e/ou o e-mail que geralmente é enviado após o ato da compra on-line. Caso seja necessário a confirmação de alguma informação, código de referência, tudo será mais simples e relevante.

  • Aja rapidamente

    Se há alguma suspeita sobre fraude ou atentado contra os seus dados, entre em contato com o seu banco imediatamente. Desative seu cartão, assim, o dono do golpe não mais lhe causará dores de cabeça.

Pesquise antes de passar os dados

Há uma enorme quantidade de sites ‘disfarçados’. Muitos dos fraudadores tentam se passar pela empresa legítima para adquirir informações pessoais de clientes, como cartões de crédito e números de segurança. O segredo é confirmar o máximo de informação possível sobre o e-commerce pesquisado. Caso dados seus sejam pedidos por e-mail, telefone ou redes sociais, não responda: vá à empresa em questão pessoalmente ou por telefone.

Comentários
Topo