Fotos

Em protesto, grupo altera mais de 600 espaços publicitários em Paris

Os vários líderes mundiais que chegaram a Paris para a Cúpula do Clima, promovida pela ONU, foram recebidos com centenas de paródias de cartazes publicitários. Neles, ativistas ironizam o que consideram interesses sociais indevidos. O grupo Brandalism, do Reino Unido, tomou mais de 600 espaços de propaganda em pontos de ônibus e esquinas ao redor da cidade. Os anúncios satíricos eram quase idênticos aos originais.

LEIA MAIS: VW estima prejuízo de US$ 2,19 bilhões após escândalo de irregularidade nas emissões de CO2

Os alvos da campanha incluem as empresas patrocinadoras da conferência, como Volkswagen, Air France e Exxon Mobil. Da mesma forma, vários representantes políticos, como o presidente dos EUA, Barack Obama, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e a chanceler alemã, Angela Merkel. De acordo com uma declaração do grupo que promoveu os falsos anúncios, eles buscam “destacar a forte ligação entre publicidade, o consumismo e a dependência de combustíveis fósseis e as alterações climáticas”.

VEJA TAMBÉM: Livraria chamada Isis é atacada cinco vezes nos Estados Unidos

Veja na galeria de fotos alguns exemplos de intervenção feitas pelo grupo:

  • Volkswagen

    “Lamentamos que tenha sido pego”, diz a paródia de anúncio Volkswagen, fazendo referência ao recente escândalo de emissões de diesel da montadora, conhecido como Dieselgate. O design dele imita o original. Até mesmo as fontes utilizadas foram escolhidas para que realmente pareça uma obra original da VW.

  • ExxonMobil

    Sobre os relatos de que a gigante do petróleo, a norte-americana ExxonMobil tem conhecimento sobre o papel do combustível na mudança do clima mundial ao longo de décadas e paga qualquer preço para refutar investigações sobre: “Nós sabíamos sobre o impacto dos combustíveis fósseis, mas negamos publicamente”.

  • Barack Obama

    Uma das publicidades retrata o presidente dos Estados Unidos nadando em alto mar com sua filha, enquanto, ao fundo, uma plataforma de petróleo está em chamas.

  • David Cameron

    Vestido com um uniforme de motoristas de carros de corrida, o primeiro-ministro do Reino Unido aparece coberto por logotipos de patrocinadores corporativos.

  • Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento

    Com referência ao acordo (TTIP na sigla em inglês), um tratado entre os Estados Unidos da América e a União Europeia, Brandalism diz “hora de dormir para a democracia”.

  • Como desenho animado

    O cartaz, que usa a figura de um desenho animado para uma montagem, diz: “algumas pessoas se importam demais, eu acho que o nome disso é amor”.

Volkswagen

“Lamentamos que tenha sido pego”, diz a paródia de anúncio Volkswagen, fazendo referência ao recente escândalo de emissões de diesel da montadora, conhecido como Dieselgate. O design dele imita o original. Até mesmo as fontes utilizadas foram escolhidas para que realmente pareça uma obra original da VW.

Comentários
Topo