Fotos

Por dentro da Coreia do Norte: uma rara visão do colorido “país das maravilhas socialista”

“Vamos transformar o país inteiro em um país das maravilhas socialista!”, declara um dos 310 slogans patrióticos oficiais da Coreia do Norte publicados este ano em nome do jovem líder do país, Kim Jong-un. É um sentimento improvável de ser encontrado ao lado de slogans exortando um exército mais forte, safras melhores e o esmagamento dos imperialistas norte-americanos.

LISTA: 50 países com maior poder militar no mundo hoje

Porém, a julgar por alguns dos novos prédios e espaços, Kim fala sério sobre transformar o reino fechado em um mundo de fantasias em tons pastéis. Em visita recente à Coreia do Norte, Oliver Wainwright, repórter do portal de notícias CNN, registrou suas impressões.

DICAS: 10 truques simples para deixar sua cozinha fantástica

Veja na galeria de fotos mais detalhes sobre os interiores da Coreia do Norte:

  • Estádio Primeiro de Maio Rungrado

    Os interiores da Coreia do Norte parecem seguir uma paleta de cores recorrente.

  • Estádio Primeiro de Maio Rungrado

    A maior parte dos turistas ocidentais que vão à Coreia do Norte em viagens estritamente controladas, acompanhadas por três guias oficiais o tempo todo, esperam encontrar um mundo cinza de concreto em ruínas e monumentais placas stalinistas (que, obviamente, existem aos montes). Porém, o que se destaca são as cores – tanto dos interiores quanto dos exteriores. Prédios residenciais são pintados em tons de mostarda, terracota, turquesa e azul-bebê.

  • Estádio Primeiro de Maio Rungrado

    O estádio foi construído em 1989 e reformado em 2014.

  • Complexo de Saúde e Recreação Changgwang

    Novas torres sendo erguidas à margem do rio são revestidas em azulejos laranjas e verdes, ou decoradas com listras espiraladas. Do topo da Juche Tower, no centro de Pyongyang, a vista faz parecer que alguém espalhou um pacote de pastilhas de frutas pela cidade.

  • Complexo de Saúde e Recreação Changgwang

    Os espaços tendem a ser simetricamente alinhados de acordo com um eixo central, que direciona o olhar para o que está no fundo – sempre uma imagem ou estátua de algum dos líderes.

  • Complexo de Saúde e Recreação Changgwang

    A ênfase nas cores continua dentro dos prédios, onde os interiores parecem ser concebidos como cenários cuidadosamente compostos.

  • Yanggakdo International Hotel

    Este efeito não é acidental. Como Kim Jong-il escreveu em seu tratado arquitetônico de 160 páginas, que funciona como um manual para todos os novos empreendimentos: “espaços arquitetônicos devem ser compostos para garantir que a imagem do líder domine todos os elementos do ambiente e que todos os componentes arquitetônicos deem destaque à imagem do líder”.

  • Yanggakdo International Hotel

    O hotel foi construído em 1995.

  • National Drama Theatre

    Os laranjas e amarelos dos pores do sol e os azuis e roxos dos céus memoráveis parecem saturar cada pedaço dos arredores. Como Kim Jong-il coloca, “isto ajuda as pessoas a olharem para a imagem do líder o tempo todo e as inspira com o orgulho e a consciência de que eles estão felizes na presença de seu mestre.”

  • National Drama Theatre

    As mesmas cores se repetem nas salas, brilhando nos novos pisos de vinil, nas paredes pintadas em tons pastel e na mobília luminosamente estofada, estendendo o espaço simbólico dos líderes pelo prédio inteiro.

  • Changgwang San Hotel

    Seu design interior é anestésico – um uso consciente de esquemas de cores do jardim de infância para distrair da realidade da pobreza em massa, da carência de alimentos e dos padrões de educação e de saúde em deterioração.

  • Changgwang San Hotel

    Em quase todos os prédios públicos, de bibliotecas e estádios a grandes teatros e casas de shows, as paredes da entrada são dominadas por uma vasta pintura ou mosaico do “eterno presidente” Kim II-sung e seu filho, o “eterno chairman” Kim Jong-il, normalmente rodeados de suas respectivas flores – as flores cor-de-rosa da orquídea e as pétalas vermelhas da begônia, cores que são frequentemente retomadas nos céus dramaticamente agitados das pinturas.

  • Kim Jong Suk Creche

    Temas coloridos e vibrantes estão presentem em muitos dos espaços.

  • Grande Palácio de Estudos do Povo

    A livraria foi construída em 1982.

Estádio Primeiro de Maio Rungrado

Os interiores da Coreia do Norte parecem seguir uma paleta de cores recorrente.

Comentários
Topo