Fotos

4 dicas de sucesso do homem por trás do blockbuster ‘Os Dez Mandamentos’

Edu Moraes/Record

Douglas Tavolaro, produtor executivo do filme “Os Dez Mandamentos” (Edu Moraes/Record)

A novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, que foi ao ar na rede Record de março a novembro de 2015, bateu recordes de audiência. Muitos dos episódios da história que impactou cerca de 144 milhões de telespectadores alcançaram primeiro lugar e o feito inédito de desbancar o “Jornal Nacional” e a novela “A Regra do Jogo”, da Globo.

Na esteira de todo esse sucesso, Douglas Tavolaro, 38 anos, produtor executivo do filme e vice-presidente de Jornalismo da Record, decidiu ampliar o projeto e transformar a novela em um filme, que será lançado nesta quinta-feira (28).

LEIA TAMBÉM: 4 conselhos que você precisa seguir para se tornar um líder global

O longa, antes mesmo da estreia, já bateu um recorde: mais de 2,4 milhões de ingressos foram vendidos até a tarde de ontem. “É uma marca inédita na história do cinema brasileiro: jamais um filme havia ultrapassado este número de ingressos na pré-venda em menos de três semanas”, diz o executivo, autor de “O Bispo – a história revelada de Edir Macedo” sobre o bispo da Igreja Universal e proprietário da Rede Record.

Tavolaro, que ocupa a vice-presidência de Jornalismo da Record desde 2009, é coautor com Edir Macedo da trilogia biográfica “Nada a Perder”, obra traduzida para cinco idiomas, com mais de 7 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, e coautor do livro “Morri para Viver”, biografia de Andressa Ubach.

Veja na galeria de fotos 4 dicas de Tavolaro para ter um projeto bem-sucedido:

  • Identificar boas ideias

    A novela, que deu origem ao filme, foi atrás de um segmento que é pouco explorado na tradição da televisão brasileira. Olhar para nichos com potencial e mal utilizados pode ser um ponto de partida para boas ideias. “Vender mais de um milhão e meio de ingressos antes da estreia revela um público que demonstra a força do segmento. É um estímulo ao cinema nacional produzir em novos formatos e linguagem diferenciada”, diz Tavolaro.

  • Desenvolver uma história boa e bem-sucedida

    Não basta ter uma boa ideia, é fundamental desenvolvê-la e trabalhá-la de forma adequada. No caso da Record, foi indispensável pensar nos detalhes da novela, que explorava uma história muito conhecida, em como os capítulos seriam divididos para engajar a audiência e em qual ator seria mais indicado para cada personagem, entre outras coisas. Isso vale para qualquer projeto de empreendedorismo.

  • Acreditar no projeto

    É importante estudar o público e os formatos de seu projeto e acreditar que ele será bem-sucedido. No entanto, isso não significa contar com o sucesso garantido. “O sucesso das minisséries bíblicas e da novela na TV apontaram que muitas pessoas gostam de assistir a este tipo de produção, não apenas os evangélicos. Mesmo assim, estou surpreso antes mesmo da estreia com o sucesso do filme”, revela Tavolaro.

  • Ter uma equipe comprometida

    Ainda que a ideia possa ser de uma pessoa só, o desenvolvimento dela requer uma equipe engajada. “Você já deve ter ouvido falar que duas cabeças pensam melhor do que uma. Quanto mais pessoas estiverem comprometidas com o projeto, mais chances de ele ter sucesso.”

Identificar boas ideias

A novela, que deu origem ao filme, foi atrás de um segmento que é pouco explorado na tradição da televisão brasileira. Olhar para nichos com potencial e mal utilizados pode ser um ponto de partida para boas ideias. “Vender mais de um milhão e meio de ingressos antes da estreia revela um público que demonstra a força do segmento. É um estímulo ao cinema nacional produzir em novos formatos e linguagem diferenciada”, diz Tavolaro.

Comentários
Topo